Dorival Júnior

Dorival Júnior não confirmou a equipe que enfrenta o São Paulo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

LANCE!
04/10/2018
10:13
Rio de Janeiro (RJ)

O técnico Dorival Júnior trabalhou durante a semana no Ninho do Urubu e já tem, em mente, a escalação ideal do Flamengo para enfrentar o Corinthians, em Itaquera, na sexta-feira, mas, por precaução, preferiu "segurar" o time e trabalha com um "plano B". Afinal, algumas dúvidas serão tiradas no dia da partida, com os julgamentos de Renê e Cuéllar no STJD, por exemplo.

Em sua primeira semana de trabalho no clube, Dorival também aguarda a posição do departamento médico sobre dois atletas: Lucas Paquetá e Vitinho.

- Temos dúvidas em relação a dois atletas, que serão sanadas nesta tarde. Os jogadores estão cientes do que têm que fazer. Usamos nos treinos a repetição - afirmou o comandante, no Ninho do Urubu, antes do treino desta quinta-feira:

- São duas possibilidades de time. Tenho que aguardar a definição do tribunal, além do DM. Por isso, prefiro dar uma segurada com relação à escalação.

Apenas o início da atividade desta quinta pôde ser observada pelos jornalistas. O atacante Vitinho - que havia deixado o treino de quarta mais cedo com dores na coxa esquerda - e o meia Lucas Paquetá - que sofreu uma pancada na terça e não treinou com o grupo no dia seguinte - estiveram em campo e devem ser opções para Dorival Júnior contra o Corinthians, pela 28ª rodada do Brasileirão.

César; Pará, Léo Duarte, Réver e Trauco; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá e Everton Ribeiro; Vitinho e Uribe: este foi o time treinador por Dorival durante a semana e deve ser a escalação do Flamengo caso todos estejam à disposição. Caso o volante Cuéllar seja suspenso pelo STJD, Piris da Motta o substitui.

O goleiro Diego Alves e o meia Diego, que não treinaram com o elenco nos últimos dias, não devem ser relacionados. O zagueiro Rhodolfo também é dúvida. A delegação do Rubro-Negro embarca nesta tarde para São Paulo.