Flamengo x Bangu

Diego celebra gol do Flamengo, após cobrança de pênalti (Alexandre Vidal / Flamengo) 

LANCE!
20/01/2019
20:35
Rio de Janeiro (RJ)

Autor de um dos gols da vitória por 2 a 1 do Flamengo sobre o Bangu, na tarde deste domingo, no Maracanã, o meia Diego afirmou que a equipe rubro-negra ainda tem a evoluir.

O Bangu abriu o placar logo no começo da partida, mas o Flamengo conseguiu o empate ainda no primeiro tempo, em cobrança de pênalti de Diego (na origem do lance, a bola saiu e a arbitragem não marcou. Diego finalizou, Jefferson defendeu, mas, quase em cima da linha, a bola pegou na mão de Felipe Dias).

- Feliz pela vitória, por ter participado com gol, mas acho que podemos melhorar. A partida não se desenhou como nós gostaríamos, apesar de termos criado muitas oportunidades. Em uma parte, conseguimos impor aquilo que queríamos, mas em outra parte, não. Devemos evoluir o quanto antes para que a gente possa continuar vencendo. As dificuldades serão cada vez maiores e temos margem de erro pequeno. Feliz por ter começado vencendo, com a torcida comparecendo em peso - disse.


O camisa 10 desperdiçou um pênalti no segundo tempo, defendido por Jefferson, e falou sobre o fato de Everton Ribeiro, inicialmente, ter pego a bola para a cobrança.

- Na verdade, nós nos comunicamos no olhar (risos). Ele (Everton Ribeiro) pegou a bola... Enfim, acabei batendo, o goleiro foi feliz e acertou o canto. Foi bem. Mas o importante foi que o primeiro entrou e conseguimos a vitória - apontou.

Ao ser questionado sobre a renovação com o Flamengo - contrato vai até o meio do ano e pode assinar por mais um ano e meio -, Diego não entrou em detalhes sobre o assunto:

- Tenho vivido jogo a jogo com essa camisa e, realmente, esse é o meu objetivo. Nesse momento, o que eu quero, é vencer o próximo jogo, é participar, ser efetivo com meus companheiros e, quando chegar o momento, vamos tomar a decisão correta. Mas como vocês têm acompanhado, não vai mudar em nada minha entrega. Sempre com o Flamengo acima de tudo, como sempre falei.

Ao salientar a preparação que o elenco rubro-negro teve na pré-temporada, o camisa 10 lembrou a alta temperatura no Rio de Janeiro no momento da partida desta tarde.

- Estou me sentindo muito bem. A preparação foi muito boa. Isso nos ajuda. Agora, existe esse fator do calor que temos de superar. Realmente, o primeiro tempo, pelo que me lembro, foi o jogo mais quente que já joguei. Estava insuportável, mas é o que tem. Temos de encarar isso - salientou.