Marcos Braz e Bruno Spindel

Braz e Spindel, os nomes fortes do departamento futebol do Flamengo (Foto: Matheus Dantas)

LANCE!
20/11/2020
10:47
Rio de Janeiro (RJ)

O vice-presidente Marcos Braz e o diretor de futebol Bruno Spindel estiveram reunidos com integrantes de várias torcidas organizadas do Flamengo na manhã desta sexta-feira, na Sede da Gávea. O mau momento do time e a queda na Copa do Brasil para o São Paulo, por 5 a 1 no placar agregado, foram os motivos da reunião e os pontos de cobrança sobre os dirigentes do clube.

Na quinta-feira, os jogadores do Flamengo já foram "recepcionados" com protestos de torcedores na porta do CT do Ninho do Urubu. Além de cobrar Marcos Braz e Bruno Spindel, as organizadas manifestarão suas insatisfações por meio de faixas que estarão estendidas nas arquibancadas do Maracanã, palco da partida contra o Coritiba, pela 22ª rodada do Brasileirão, neste sábado.

Em carta assinada por seis organizadas (Torcida Jovem, Raça Rubro-Negra, Fla-Manguaça, Urubuzada, Império Rubro-Negro e Nação 12), as respectivas diretorias confirmaram a reunião com Braz e Spindel, ressaltando os seguintes pontos de cobrança, conforme escrito no documento:

"1) A extrema necessidade de uma conversa presencial com o elenco profissional, a fim de que possamos, em nome de todos rubro-negros, transmitir a insatisfação com os resultados apresentados;

2) A obrigação de, independentemente do resultado final, que os atletas manifestem uma postura compatível com aquilo que se espera de um funcionário do Clube de Regatas do Flamengo;

3) O peso da desclassificação na Copa do Brasil, tornando, assim, maior a responsabilidade nos campeonatos remanescentes."