Flamengo x Chepecoense

Berrío entrou no decorrer do duelo com a Chapecoense (Diego Maranhao/Photopress)

LANCE!
11/09/2018
06:40
Rio de Janeiro (RJ)

Com revezamentos e diversas mudanças, o Flamengo ainda busca o encaixe do setor ofensivo no período pós-Copa do Mundo. E, nesta missão, o técnico Maurício Barbieri ganhou um reforço: Berrío. Longe dos gramados desde outubro do ano passado, quando sofreu grave lesão no joelho esquerdo, o atacante voltou a atuar no último sábado, contra a Chapecoense.

O retorno acontece pouco mais de um ano de um dos momentos mais importantes do colombiano com a camisa rubro-negra. Na semifinal da Copa do Brasil do ano passado, ele fez a jogada que acabou em gol de Diego e garantiu o Flamengo na decisão. Na atual edição, a equipe se encontra novamente na semi, desta vez, contra o Corinthians.

Agora, o jogador entra na disputa com Vitinho, Éverton Ribeiro e Marlos Moreno e passa a ser mais uma opção para o treinador rubro-negro, que vem mudando com frequência a escalação do trio ofensivo, inclusive, alternando os centroavantes Uribe, Dourado e Lincoln.

Berrío - Flamengo
(Foto: Reginaldo Pimenta / Raw Image / Lancepress!)

Com revezamentos e diversas mudanças, o Flamengo ainda busca o encaixe do setor ofensivo no período pós-Copa do Mundo. E, nesta missão, o técnico Maurício Barbieri ganhou um reforço: Berrío. Longe dos gramados desde outubro do ano passado, quando sofreu grave lesão no joelho esquerdo, o atacante voltou a atuar no último sábado, contra a Chapecoense.

O retorno acontece pouco mais de um ano de um dos momentos mais importantes do colombiano com a camisa rubro-negra. Na semifinal da Copa do Brasil do ano passado, ele fez a jogada que acabou em gol de Diego e garantiu o Flamengo na decisão. Na atual edição, a equipe se encontra novamente na semi, desta vez, contra o Corinthians.

Agora, o jogador entra na disputa com Vitinho, Éverton Ribeiro e Marlos Moreno e passa a ser mais uma opção para o treinador rubro-negro, que vem mudando com frequência a escalação do trio ofensivo, inclusive, alternando os centroavantes Uribe, Dourado e Lincoln.

Contratado no início do ano passado, Berrío chegou à Gávea após se destacar no Atlético Nacional, da Colômbia, tendo uma das principais características a velocidade e jogadas em profundidade.

- Foi muito emocionante cada vez que os torcedores gritavam: "Berrío". Para mim foi uma emoção muito grande. Por isso tive a responsabilidade e entrar deixando tudo por todos que acreditaram em mim. Vou trabalhar o dobro para seguir - disse, após a partida do último sábado.