Flamengo x Fluminense - Gabigol e Abel

Gabibol deu um beijo em Abel após marcar o gol de empate (Foto: Magalhaes Jr/Photopress)

LANCE!
06/04/2019
21:34
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de uma semana conturbada em que foi expulso na derrota para o Penãrol na Libertadores, Gabigol se redimiu, diante da torcida, neste sábado, no Maracanã. O atacante começou no banco na semifinal do Carioca contra o Fluminense e entrou no segundo tempo, após lesão de Uribe, quando o Rubro-Negro perdia por 1 a 0. E foi do camisa 9 o gol de empate e da classificação do time. Após a partida, o artilheiro saiu em defesa de Abel, alvo de críticas durante a semana, pelo resultado ruim no torneio continental.

– Nas minhas comemorações sempre tento expressar o que sinto no momento. Fiquei muito feliz com o gol, talvez seja o meu gol mais importante no Flamengo pelo jogo que foi. Fomos superiores e a semana foi muito conturbada. A gente se superou e se uniu e o mais importante é que o torcedor continua vindo e nos apoiando. Somos um grupo muito unido e vemos algumas críticas que não são legais sobre o professor Abel. Jogamos por nós, por nossa família e por, obviamente, por ele. Temos sempre a mesma moral elevada jogando dentro de casa, diante da Nação. O time é bom e está muito unido. As pessoas, às vezes, querem tumultuar o elenco do Flamengo por causa de uma derrota. Vínhamos de dez jogos sem perder. Claro, que jogando em casa, diante da torcida não é normal, mas acontece. Temos um outro jogo quinta-feira e quero dizer aos torcedores que vontade, garra e determinação nunca vão faltar. – disse Gabigol, em entrevista ao Sportv.


O Flamengo retorna ao Maracanã na quinta-feira para enfrentar o San José, da Bolívia, pela Libertadores. Gabigol, expulso contra o Peñarol, é desfalque certo. Pelo Campeonato Carioca, o Rubro-Negro espera o vencedor de Vasco e Bangu para fazer a final. O primeiro jogo será no domingo, dia 14.