(Foto: Divulgação)

3º turno do Brasileiro de Rainbow Six Siege 2021 foi realizado no fim de semana (Foto: Rainbow Six Esports Brasil)

eSports 360
11/10/2021
13:00
São Paulo (SP)

O terceiro turno, último estágio antes dos playoffs, do Campeonato Brasileiro de Rainbow Six Siege 2021 chegou ao fim após os confrontos da Super Semana. Entre as últimas disputas restantes, o MIBR conquistou três vitórias, duas na sexta-feira (08) e uma no domingo (10), e ficou com a sexta vaga para a Copa Elite Six da América, a “Libertadores do R6”. Na briga para fugir do Relegation, a luta entre W7M Gaming e Santos e-Sports teve um final feliz para os Bulls, que reagiram na reta final do torneio e empurraram o Peixe para a 10ª posição.

Outro destaque do fim de semana foi a disputa pela liderança da competição. Na sexta-feira, a FaZe Clan chegou à oitava vitória consecutiva e quebrou o recorde de triunfos consecutivos na história do campeonato. No entanto, a Team Liquid, na última partida do domingo, bateu o Santos e terminou no topo da tabela de classificação.

Com o fim da Super Semana, a tabela ficou da seguinte forma: a Team Liquid terminou na liderança do Brasileirão com 59 pontos, mesma pontuação da FaZe, na segunda posição, mas com vantagem nos critérios de desempate. Team oNe (48), FURIA Esports (45), Ninjas In Pyjamas (42) e MIBR (41) fecham o grupo de times classificados para as fases finais do torneio e para a próxima Copa Elite Six.

Logo abaixo, com vagas na Copa do Brasil, aparecem Black Dragons (37), INTZ (28), W7M Gaming (24) e o Santos e-Sports (22), que vai disputar o Relegation contra a equipe campeã da Série B para tentar continuar na elite do cenário competitivo em 2022.

O Brasileirão de Rainbow Six 2021 retorna no dia 27 de novembro, com a fase de playoffs. A Team oNe enfrenta o MIBR, às 12h, e quem avançar joga a semifinal contra a Team Liquid. Do outro lado, às 15h, a FURIA duela contra a Ninjas in Pyjamas e o vencedor disputa a outra semifinal, contra a FaZe Clan.

Agora, o foco das equipes é a Copa Elite Six da América, que acontece entre os dias 11 a 17 de outubro, em formato on-line. Após o sorteio realizado, no Grupo A estão: Atheris Esports (México), Malvinas Gaming (Argentina), FURIA Esports, MIBR e Team Liquid. No grupo B: 9z Team (Argentina), Fenix Esports (México), FaZe Clan, Ninjas In Pyjamas e Team oNe.

Os jogos do BR6 2021 aconteceram aos sábados e domingos, a partir das 13h, com exceção das rodadas da “Super Semana” de cada turno, que tiveram confrontos também nas sextas-feiras. Todas as partidas contam com transmissão ao vivo dos canais do Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube. Para mais informações sobre os campeonatos profissionais de R6, visite o site r6esports.com.br.

Confira como foram as partidas da Super Semana do terceiro turno:

FaZe Clan conquista marca histórica no BR6 (08/10, sexta-feira)

FURIA Esports 1x7 MIBR

Na abertura da Super Semana do Brasileirão, o MIBR mediu forças com a FURIA Esports no mapa Casa de Campo. Embalado e concentrado em garantir seu lugar no G-6, o MIBR abriu quatro pontos de vantagem no início do jogo. A Pantera esboçou uma pequena reação no lado defensivo, mas não foi o suficiente para segurar o ataque coordenado da equipe de Tassus "Reduct", que recebeu o prêmio MVP com um impressionante rating de 99. Na virada de lados, o time repetiu a efetividade e fechou o jogo em 7 a 1.

Ao final da partida, Kaique “Faallz” exaltou a importância do bootcamp realizado na Sérvia para a melhora da equipe no campeonato: “Aprendemos coisas novas na Europa e isso fez mudarmos nosso caminho após a lesão do FelipoX, pois regredimos como um time e, após o bootcamp, estamos voltando a ficar na mesma página”. O jogador também comentou a forma que o MIBR jogou a partida, citando que a equipe optou por jogar mais de maneira mais agressiva para anular a adversária.

Black Dragons 7x4 Team Liquid

Na sequência, a Black Dragons precisava vencer a já classificada Team Liquid após o triunfo do MIBR para aumentar as chances de avançar aos playoffs. No mapa Chalé, o duelo, como nos turnos anteriores, contou com bastante equilíbrio na fase inicial e teve como destaque um 4k do MVP Ronaldo “ion” no terceiro round. Na troca de lados, com o placar empatado, a defesa da BD foi eficiente para anular as investidas da Cavalaria e fechar a partida em 7 a 4.

O coach Henrique “sSeiiya” destacou, ao fim do jogo, a igualdade de forças nos últimos enfrentamentos: “Vimos como eles são bem metódicos e mantêm as formas de atuar. Aquilo que estudamos e analisamos aconteceu, o que facilitou a nossa gameplay. As lições que tiramos de duelos anteriores foram fundamentais para esta vitória”, comentou.

FaZe Clan 7x4 W7M Gaming

No terceiro confronto, a líder da competição entrou em busca do recorde de vitórias consecutivas diante da W7M Gaming. Porém, o começo foi melhor para os Bulls, que contaram com Dimas “Panico” e Diego “Kheyze” em um dia inspirado. A FaZe se recuperou e chegou a empatar o placar antes da troca de lados. Na defesa, a equipe de Leonardo “Astro” se manteve firme, conseguiu impor suas estratégias e fechou o confronto em 7 a 3.

Com o triunfo, a FaZe chegou a sete vitórias seguidas no BR6, quebrando o recorde de seis vitórias da Black Dragons obtido em 2018. O coach Matheus “Ramalho” afirmou que essa marca, inicialmente, não estava nos planos: “Costumo falar para eles que o pensamento é jogo a jogo. Mas, ali no final, fizemos um esforço a mais para conquistar esse recorde”.

O atleta Lucas “soulz1” falou sobre a vitória obtida no sétimo round, que marcou o momento em que a equipe passou a controlar as ações do jogo: “Tivemos um vacilo no começo, pois perdemos três jogadores muito rápido, algo fora do nosso padrão. Como ficamos com pouco tempo para trabalhar um avanço no mapa, preferimos recuar e ceder à pressão adversária. O Astro conseguiu três eliminações e seguramos bem até o tempo acabar”.

MIBR 7x3 Santos e-Sports

Para encerrar o primeiro dia da Super Semana, o MIBR voltou a atuar, dessa vez contra o Santos e-Sports, no mapa Litoral. A primeira metade foi dominada pelo MIBR, que contou com atuações sólidas de Felipe “FelipoX” e, mais uma vez, de Tassus “Reduct”. O Santos tentou reagir na virada de lados, mas um 4k de Luca “LuKid” e a agressividade coletiva permitiram à equipe encaminhar o placar e concluir o duelo em 7 a 3.

Mesmo com a vitória da Black Dragons mais cedo, Enzo “Rappz” disse que o foco estava apenas no próprio resultado: “Nos preparamos para os dois jogos de hoje e em conquistar os seis pontos. Não torcemos para a BD perder, nos concentramos em fazermos a nossa parte”. O jogador, assim como Faallz, foi mais um da line-up a reforçar o papel do bootcamp feito na Europa como um importante fator para o progresso individual e coletivo do time.

Reedição da semifinal do Six Major México e disputas intensas na tabela (09/10, sábado)

W7M Gaming 7x5 FURIA Esports

No segundo dia da Super Semana, a W7M entrou com a necessidade de vencer a FURIA para tentar fugir do Relegation. A partida, no mapa Mansão, teve um início muito equilibrado, sem que nenhuma das equipes se distanciasse no marcador. Na virada de lados, o equilíbrio se manteve, mas as boas jogadas de Gustavo “HerdsZ”, MVP do duelo, e Diego “Kheyze” deram a vantagem para os Bulls fecharem a partida em 7 a 5, nos detalhes, e continuarem vivos na luta pela permanência.

Um dos destaques do jogo, Kheyze ressaltou a química com o companheiro de time, HerdsZ: “Estamos com um entrosamento muito bom. Por jogarmos juntos as partidas ranqueadas, conseguimos nos entender melhor na hora das partidas. Hoje não foi diferente e executamos com qualidade as jogadas para trazer a vitória.”

Team oNe 5x7 Team Liquid

Na sequência, Team oNe e Team Liquid reeditaram a semifinal do Six Major México 2021, vencida pela Team oNe. No mapa Oregon, as equipes executaram bem as estratégias e fizeram um jogo igual até a mudança de lados. Agora, com a Cavalaria na defesa, a equipe do MVP Luccas “Paluh” neutralizou as ofensivas dos Golden Boys, que repetiram em alguns rounds a utilização do operador Blitz, como fizeram na semana passada, mas sem êxito dessa vez. Com segurança, a Liquid fechou o placar em 7 a 5.

Ao comparar o confronto com o do Six Major, Paulo “psk1” afirmou que a mentalidade do adversário era diferente: “Percebemos que a Team oNe jogou aquele torneio sem ter nada a perder, com muita coragem e arriscando em muitos rounds. É difícil atuar contra equipes assim”. O atleta ainda comentou que a Team Liquid esperava que o rival utilizasse mais operadores diferentes além do Blitz.

Santos e-Sports 5x7 Black Dragons

No mapa Litoral, a Black Dragons, em busca de uma vaga na Copa Elite Six, e o Santos, na luta contra o Relegation, protagonizaram um confronto agressivo e de muita “trocação”. A BD começou no ataque e foi mais eficiente nas investidas, apesar de encontrar uma defesa enérgica do Peixe. A mudança de lados aconteceu, mas o ritmo das equipes seguiu alto e com posturas bem ofensivas. Nos rounds finais, um 3k de Ronaldo “live” encaminhou a vitória dos Dragões, que fecharam a partida em 7 a 5.

Após o triunfo, Guilherme “Bassetto” disse que a equipe permanecia tranquila quanto aos resultados do rival direto, o MIBR, e falou sobre a postura diante do Santos: “Temos um elenco com muita qualidade para trocar balas com o adversário. Se precisarmos ser agressivos e pegar algumas eliminações, como hoje, temos essa alternativa. É algo que pertence ao nosso time.”

INTZ 7x2 NInjas In Pyjamas

Com as situações definidas na tabela, INTZ e Ninjas In Pyjamas jogaram para fechar o segundo dia da Super Semana do Brasileirão de Rainbow Six. No mapa Oregon, os Intrépidos começaram na defesa, mas mesmo assim tomaram a iniciativa das jogadas, conquistando os cinco primeiros rounds. A NiP tentou reagir na virada de lados, mas a tarde era da INTZ, que executou bem as jogadas e finalizou a partida em 7 a 2.

Sem perder diante dos Ninjas no Brasileirão, Vitor “Vittzzz” destacou o estilo da equipe como fator para vencer a atual campeã do Six Invitational: “Nós temos uma forma de jogar que contribui para nosso rendimento contra eles. Apesar de essa partida não valer tanto neste momento, nos outros confrontos encaixamos o nosso estilo e ficávamos um passo à frente deles”.

MIBR confirmada na Copa Elite Six, W7M se salva e Santos vai para o Relegation (10/10, domingo)

FURIA Esports 8x7 FaZe Clan

Na abertura do último dia de jogos da Super Semana, FaZe Clan e FURIA Esports se enfrentaram com as suas situações praticamente definidas. No Litoral, a partida se manteve equilibrada e com muita agressividade de ambos os lados, mas com leve vantagem para a FaZe no placar, que se garantiria na liderança da competição em caso de vitória.

Na segunda metade, a Pantera emplacou rounds em sequência diante da melhor defesa do torneio, que respondeu com rapidez e trouxe a igualdade ao placar. Com o 6 a 6, o duelo foi definido na prorrogação, com direito a virada e vitória da FURIA por 8 a 7 e outra atuação de destaque de Diogo “Fntzy”, MVP da partida com rating 90.

Logo após o triunfo, Luiz “Miracle” fez um balanço da campanha da FURIA neste campeonato: “Nós evoluímos bastante depois das duas experiências internacionais. Viemos mais confiantes neste split, e olhando os jogos finais, mesmo nas derrotas, tivemos um bom desempenho contra os adversários”. O jogador disse que a equipe está preparada para a Copa Elite Six, e o foco da FURIA é o título continental.

W7M Gaming 7x4 INTZ

Na sequência, a W7M Gaming entrou precisando vencer a INTZ para manter as chances de sair da lanterna. Os Bulls começaram firmes no mapa Café Dostoyevsky, vencendo quatro dos cinco primeiros rounds e gerando uma vantagem confortável para trabalhar no ataque. A troca de lados, porém, contou com uma reação dos Intrépidos, ao anular as ofensivas do adversário. Mas a W7M, a partir de uma eliminação tripla de Gustavo “HerdsZ”, encaminhou a vitória por 7 a 5, que deixou a equipe, pela primeira vez no terceiro turno, fora da décima posição.

O decisivo triunfo foi muito comemorado pela equipe e mostrou o poder de recuperação dos Bulls, como bem destacou o analista da equipe, Igor “Igoorctg”: “É difícil ir para uma partida dependendo de outros resultados além do nosso, mas estávamos cientes de que era possível reagir”. Diego “Kheyze”, que chegou no início do terceiro turno, comentou sobre a evolução do time: “Tivemos alguns deslizes no começo, tanto em fechar partidas quanto rounds, porém encontramos o nosso jogo na reta final e melhoramos”.

MIBR 7x3 Ninjas In Pyjamas

No terceiro confronto, o MIBR dependia apenas de si contra a Ninjas In Pyjamas para se garantir na sexta colocação da tabela. No mapa Chalé, o início foi muito promissor para a equipe, que levou os três primeiros rounds na defesa. A NiP encostou no marcador, mas era o MIBR quem imprimia o ritmo e, assim, conseguiu ampliar o placar. Na virada de lados, os Ninjas tentaram surpreender, mas o time de Felipe “FelipoX”, MVP do duelo, impôs sua estratégia e fechou a partida em 7 a 3, garantindo a sexta colocação e as vagas para os playoffs e para a “Libertadores do R6”.

Com a classificação do MIBR assegurada, Kaique “Faallz” descreveu o sentimento da equipe após a vitória: “A sensação é de dever cumprido. Sabemos que o nosso nível é top 6 do Rainbow Six, então estamos no lugar adequado. Ficou bem nítido o quanto melhoramos nos últimos jogos, por isso estamos ansiosos para a Copa Elite Six e os playoffs do Brasileirão”.

Team oNe 7x5 Black Dragons

O quarto jogo de domingo, no mapa Clube, teve a classificada Team oNe contra a Black Dragons, já sem chance de ir à Copa Elite Six com os resultados da rodada. Embora não causasse grandes mudanças na tabela, a partida contou com muita trocação e táticas agressivas de ambos os lados, com vantagem para a BD na primeira parte. Na virada, os Golden Boys, sob o comando de Karl “Alemão”, que conquistou seu oitavo MVP no torneio, anularam os ataques dos Dragões para virar o placar e concluir o confronto em 7 a 5.

Depois da partida, Lorenzo “Lagonis” avaliou a sólida campanha no terceiro split da atual campeã do Six Major: “No geral, fomos muito bem. Quando uma equipe é campeã, é normal que os olhos dos adversários se voltem para ela e comecem a estudá-la e, mesmo assim, tivemos um bom rendimento”. O jogador lembrou que o objetivo principal da Team oNe é conquistar novamente uma vaga no próximo Six Major, que acontecerá na Suécia em novembro.

Santos e-Sports 4x7 Team Liquid

Para fechar a Super Semana do Brasileirão, o Santos tinha a difícil tarefa de conquistar os três pontos diante da Team Liquid para evitar o Relegation. No mapa Oregon, a Cavalaria mostrou uma grande força defensiva, ao vencer cinco dos seis primeiros rounds e abrir uma vantagem confortável. O Peixe correu atrás do placar, mas não encontrou respostas suficientes para impedir mais uma ótima atuação de Luccas “Paluh”, que terminou com 96 de rating e 17 eliminações. A Liquid fechou o marcador em 7 a 4, resultado que confirmou o Santos na última colocação e a Cavalaria em primeiro lugar na fase de pontos do BR6 2021.

Com a retomada da liderança, Paulo “psk1” ressaltou o rápido entrosamento obtido pela equipe no terceiro turno: “Foi um split bem complicado. Tivemos a troca de jogadores, então precisamos nos adaptar o quanto antes. Apesar dos altos e baixos neste turno, encaixamos as jogadas na reta final para seguir em busca desse título”.