Thiago Neves isentou o treinador pelo fracasso em campo do Cruzeiro na derrota para o Internacional

Thiago Neves isentou o treinador pelo fracasso em campo do Cruzeiro na derrota para o Internacional-(Estádio Mineirão/Agência I7)

Valinor Conteúdo
08/08/2019
09:05
Belo Horizonte

Um dos jogadores mais cobrados pelo mau resultado do Cruzeiro diante do Internacional, o meia Thiago Neves tratou de isentou Mano Menezes, agora ex-técnico da Raposa, de culpa pela má fase vivida pela equipe celeste.

Thiago endossou o discurso de que os jogadores devem ser responsabilizados pelo atual momento do time. O Cruzeiro conseguiu apenas uma vitória, sobre o Galo pela Copa do Brasil, no dia 11 de julho, nos últimos 18 jogos, além de não fazer gol a oito jogos seguidos.

-Todo mundo xinga o treinador neste momento, mas é o que o menos tem culpa. A gente está dentro de campo, a gente que resolve, a gente que toma a iniciativa, momento é de se abraçar, ficar quieto e trabalhar para tentar reverter- disse.

O meia cruzeirense reforçou a fala forte quando afirmou que um elenco como o da Raposa não pode ficar oito jogos sem marcar gols.

-Com os jogadores que nós temos, elenco de muita qualidade, a gente não pode passar um jogo sem fazer gol. Acho que a falha está sendo nossa na frente, a gente está criando mas não está sabendo dar o último passe, na finalização também- concluiu.