A invasão do CT cruzeirense foi contida pela polícia mineira

A Pm foi acionada e conteve os invasores do CT cruzeirense- (Reprodução)

Valinor Conteúdo
01/10/2019
17:22
Belo Horizonte

Um grupo de torcedores que pertencem à Máfia Azul, organizada do Cruzeiro, invadiu a Toca da Raposa II na tarde desta terça-feira, 1º de outubro, para cobrar melhores resultados e a reação do time no Campeonato Brasileiro, onde a Raposa está na zona do rebaixamento com 19 pontos, em 22 partidas.

A torcida organizada arrombou o portão principal, soltou foguetes, entrou no campo e exigiu que houvesse uma conversa direta com os jogadores. Veja o vídeo abaixo. A indignação dos torcedores celestes aumentou após a derrota para o Goiás, por 1 a 0, no Serra Dourada, em Goiânia.


Os torcedores da organizada registrou ao vivo pelo Instagram o momento em que invadiam o centro de treinamento cruzeirense. A Polícia Militar foi acionada e conteve os invasores, prendendo vários deles.

A onda de protestos desta terça-feira já havia começado no fim da manhã desta terça-feira, quando vários torcedores hostilizaram os jogadores no desembarque da equipe no Aeroporto de Confins, vinda de Goiânia. Thiago Neves e Dedé foram os principais alvos da ira dos seguidores do time azul.

O técnico Abel Braga conversou com os torcedores, pediu calma e garantiu que irá trabalhar para tirar o time desse momento na temporada e evitar a queda para a Série B em 2020.

Abel Braga conversa com os torcedores e PM prende os invasores: