Itair Machado disse que Raposa gasta entre 10 a 12 milhões de reais com a folha salaria do time por mês

Itair está impedido pela Justiça de exercer o cargo  de vice-presidente de futebol, mas o clube o nomeou como assessor esportivo- (Vinnicius Silva/rRuzeiro)

Valinor Conteúdo
21/08/2019
16:09
Belo Horizonte

O Cruzeiro terá mudanças em seu quadro de colaboradores, com o retorno de um velho conhecido. Itair Machado, afastado pela Justiça Comum do cargo de vice-presidente de futebol da Raposa, está de volta ao dia a dia do clube.

Itair foi nomeado pelo presidente Wagner Pires de Sá como assessor esportivo da presidência. O cargo terá funções ligadas ao departamento profissional e de base. Todavia, Itair não pode assinar documentos ou exercer atos administrativos no clube. Todas as ações de Itair terão de ser aprovadas por Wagner Pires de Sá.

A portaria emitida pela presidência, é do dia 23 de julho, mas veio a público nesta quarta-feira, quase um mês depois. indica a volta do dirigente ao clube e detalha suas funções no novo cargo. ,

Itair Machado estava afastado do Cruzeiro desde o dia 10 julho, quando o juiz Octávio de Almeida Neves, desembargador convocado da 12ª Câmara Cível de Belo Horizonte, determinou o afastamento do dirigente do cargo de vice-presidente de futebol do Cruzeiro.

A ação de afastamento foi movida por um grupo de conselheiros da Raposa, incluindo o ex-presidente Gilvan de Pinho Tavares, com o argumento de que ter Itair como dirigente do Cruzeiro feria o estatuto do clube, já que o vice de futebol possui pendências judiciais e processos em seu nome quando ainda era presidente do Ipatinga. Veja o documento abaixo. 

P