Os conselheiros aprovaram as contas da gestão Wagner Pires de Sá em 2018 com ressalvas, pois o cálculo precisou ser refeito

Os conselheiros do clube azul vão escolher uma nova diretoria, que irá substituir o conselho gestor, que comanda a Raposa de forma provisória- (Divulgação/Cruzeiro)

Valinor Conteúdo
12/02/2020
19:27
Belo Horizonte

José Dalai Rocha, presidente do Conselho Deliberativo e também presidente em exercício do Cruzeiro, convocou os conselheiros, integrantes do quadro de Beneméritos, Natos e Conselheiros Efetivos, para as novas eleições da instituição. O pleito ocorrerá no dia 21 de maio de 2020, a partir das 18h30, no Parque Esportivo do Barro Preto.

Na ocasião, serão eleitos o Presidente, os 1º e 2º Vice-presidentes do Clube, o Presidente do Conselho Deliberativo, o Vice-presidente e os 1º e 2º Secretários da Mesa Diretora, que serão empossados no dia 1º de junho deste ano, para cumprimento do restante do mandato, que se encerrará no dia 31 de dezembro de 2020.

O edital de convocação para as eleições de uma mandato "tampão" no Cruzeiro foi publicado nesta quarta-feira, 12 de fevereiro. A chapa que assumir o clube, ficará até o dia 31 de dezembro deste ano, quando terminaria o mandato do presidente Wagner Pires de Sá, que renunciou no fim de 2019.

Até agora, as chapas não estão registradas, mas há um movimento de José Dalai Rocha para que haja apenas uma candidatura no pleito, evitando novos desgastes políticos dentro da Raposa. Com as novas eleições, o conselho gestor, que está comandando o clube de forma provisória, será destituído de suas funções.