Emelec x Cruzeiro

Coeso, Cruzeiro mantém invencibilidade na temporada e fica a uma vitória de se garantir nas oitavas de final da Libertadores- RODRIGO BUENDIA / AFP

Valinor Conteúdo
04/04/2019
10:05
Belo Horizonte

Um elogio certeiro que pode ser feito ao Cruzeiro na vitória por 1 a 0 sobre o Emelec é a tranquilidade que a equipe demonstrou dentro de campo, mesmo com a pressão psicológica de jogar na casa do adversário, que tentou em vários momentos se impor pela força física, já que tecnicamente era inferior ao time mineiro.

Os equatorianos estavam tão tensos com a partida, que tiveram um jogador expulso, Luna, que acabara de entrar em campo, prejudicando seu time, ao terminar o jogo com um a menos, facilitando a vida do time celeste, que trouxe seu nono ponto na Libertadores da America, com 100% de aproveitamento.

O atacante Fred disse que a vitória foi possível pelo espírito da equipe em campo, algo pedido pelo técnico Mano Menezes aos jogadores para o duelo com o Emelec, previsto pela comissão técnica como complicado, pela força física do rival, que usa muito desse expediente para intimidar os adversários.

-Foi um jogo de muita força, muita briga, mas saímos com os três pontos, foi merecido. É o espírito que o Mano pediu pra gente, o Cruzeiro está acostumado a disputar a Libertadores e tem que se impor nessas competições, (jogos de) muita força, muita porrada. A gente, com experiência, conseguiu um resultado magro, mas muito importante para a gente- disse Fred.

Outro exemplo de cabeça fria que refletiu positivamente durante o jogo, foi do meia Rodriguinho, que marcou seu terceiro gol em três jogos na Libertadores, sendo o artilheiro do time na competição e um dos goleadores da temporada na equipe estrelada. O “Reidriguinho” falou sobre o gol e a performance do time azul em terras equatorianas.

-Jogo de LIbertadores, difícil, brigado, truncado. Jogo de alta intensidade, muita tensão. Tentei ter o máximo de frieza para tomar a melhor decisão. Consegui concluir muito bem. Vi que o goleiro saiu para abafar, dei um toque por cima dele e fui muito feliz- contou Rodriguinho.

O Cruzeiro é, no momento, a melhor campanha da Libertadores com as três vitórias conquistadas. O Cerro Porteño também está com nove pontos, mas a Raposa possui melhor saldo de gols do que os paraguaios e por enquanto é o primeiro lugar geral da competição.