Cruzeiro x Atlético-PR

O Furacão foi dominante  no duelo com o time celeste e saiu de campo vencedor- Alessandra Torres/Eleven

Valinor Conteúdo
10/11/2018
21:23
Belo Horizonte

O Cruzeiro venceu a Copa do Brasil no dia 17 de outubro, ou seja, há quase um mês. Nesse período, a equipe celeste comemorou muito a conquista e estendeu a festa por dias.

Esse ambiente de calmaria deu uma relaxada natural e mesmo o técnico Mano Menezes reforçando que cobra do time concentração, há uma queda de rendimento.

Segundo o lateral Egídio, a equipe celeste começou bem o jogo, mas foi surpreendido pelos dois gols rápidos do Furacão.

- O nosso começo foi bom. Tivemos chegada, mas tomamos dois gols de contra-ataque. Eles não tiveram mais oportunidades depois disso. Buscamos, mas infelizmente não conseguimos virar o jogo.

Sobre a falta de interesse pelo campeonato, Egícion foi taxativo do dizer que o Cruzeiro sempre entra nos jogos com o pensamento na vitória.
- O campeonato não acabou. Entramos firmes no jogo e em qualquer campeonato sempre vai ter o Cruzeiro jogando para vencer, explicou o camisa 6 da Raposa.

O Cruzeiro espera o Corinthians, na próxima quarta-feira, dia 14, no Mineirão, para a reedição da final da Copa do Brasil.