Único jogo como técnico foi no Allianz foi em 2017 com derrota de 3 a 0 pelo Paulistão

Ceni disse que aceitar o convite do Cruzeiro agora foi em um momento diferente da época da proposta atleticana-(Foto: Ale Cabral/AGIF)

Valinor Conteúdo
13/08/2019
13:04
Belo Horizonte

O novo técnico do Cruzeiro, Rogério Ceni, já está em Belo Horizonte. O ex-goleiro desembarcou na manhã desta terça-feira, 13 de agosto, no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, região metropolitana de Belo Horizonte.

Rogério chegou a Minas gerando muita expectativa e foi recepcionado por um grande número de jornalistas e torcedores que o questionaram sobre os rumos que irá tomar no clube que assume a partir desta terça-feira.

Ceni também foi perguntado sobre o motivo da sua recusa para assumir o rival Atlético-MG, que fez proposta em abril passado para contar com o seu trabalho, mas preferiu seguir no Fortaleza.

-São duas grandes equipes. Há quatro meses atrás eu não poderia trabalhar em lugar nenhum do Brasil porque eu estava no meio de duas finais de campeonato estadual e da Copa do Nordeste pelo Fortaleza- explicou.
Rogério falou que a ida para a Raposa acontece em um momento diferente da época do convite atleticano.

- Então, pelo respeito que tenho pelo clube (Fortaleza)... Não só o respeito, mas o desejo de ser campeão. Se eu tivesse aqui no Cruzeiro, eu também não iria para lugar nenhum no mundo. Então, são momentos completamente distintos.

Rogério Ceni já foi direto para a Toca da Raposa em companhia do diretor de futebol do Cruzeiro, Marcelo Djian.