Protesto Corinthians

Jogadores do Corinthians foram cobrados pela "Camisa 12" (Foto: Divulgação/Camisa 12)

LANCE!
01/05/2021
13:26
São Paulo (SP)

Os jogadores do Corinthians foram recebidos ao treinamento realizado neste sábado (1), no CT Joaquim Grava, com protesto de uma das torcidas uniformizadas do clube, a “Camisa 12”.

Os principais alvos da manifestação foram os jogadores Cássio, Gil, Bruno Méndez, Fábio Santos Fagner, Ramiro, Camacho e Jô, além do técnico Vagner Mancini, que tiveram os seus nomes escritos em cruzes de madeira instaladas na porta do Centro de Treinamento corintiano.

O Timão vive um momento de pressão, principalmente por não ter vencido os dois primeiros jogos da Copa Sul-Americana, com empate em 0 a 0 contra o River Plate (PAR), lanterna do seu campeonato local, em Assunção, na estreia pela competição continental, e derrota, na Neo Química Arena, contra o Peñarol (URU), por 2 a 0, na última quinta-feira (29), o que deixou o clube do Parque São Jorge em situação delicada referente a classificação às oitavas de final do torneio.

Por outro lado, no Campeonato Paulista o Corinthians lidera o grupo A, com apenas uma derrota, em dez jogos. Neste domingo (2), o Timão recebe o São Paulo, em Itaquera, pela décima rodada do Estadual, às 22h15. O Tricolor é líder geral da competição, com quatro pontos e uma vitória a mais do que o Alvinegro.

O Majestoso pode ser crucial para o futuro do técnico Vagner Mancini, que vive intensos pedidos de demissão por parte dos torcedores, inclusive com recente nota oficial publicada pela “Gaviões da Fiel”, principal organizada corintiana pedindo o desligamento do treinador.

>> Confira e simule os próximos jogos do Corinthians no Paulistão!