Fàbio Lázaro
27/06/2021
21:29
São Paulo (SP)

O técnico Sylvinho se disse triste pelo empate em 1 a 1 entre Fluminense e Corinthians, neste domingo (27), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio São Januário.

O Timão saiu na frente, com um gol de Jô, ainda no primeiro tempo, mas sofreu o empate, mesmo quando estava com um homem a mais, após a expulsão do atacante Abel Hernández, do Tricolor Carioca.

– Eu não sei se decepcionado, mas triste sim. É incrível, porque a pergunta nos remete que poderíamos ter ganho. Construímos um primeiro tempo bom, muio bem colocados em campo, organizados, transições ofensivas em passes, as vezes inversão, perdemos essa inversão que o Cantillo nos dá, essa saída limpa, mas ganhamos em uma inversão de bola construída ao pé. Tivemos sim essa sensação – disse o treinador corintiano em entrevista coletiva após a partida.

A decepção negada na resposta tem mais a ver com o campeonato, longo e difícil, do que pelo jogo em si.

– Decepcionado não, porque o campeonato é longo e difícil, o adversário fez mudanças, tem qualidade. Estamos tristes pela possibilidade de ter saído com a vitória. Lutamos até o fim, ficamos expostos, a nossa linha de quatro ficou exposta de forma proposital. Mas faz parte do campeonato, que é longo, temos que buscar os pontos. A palavra é triste.

>>Baixe o novo app de resultados do LANCE!
>> Confira a tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

Queda no segundo tempo

Sylvinho reconhece que o desempenho do Corinthians caiu no segundo tempo, após uma boa etapa inicial. No entanto, ele afirma que a queda tem muito mais a ver com a postura do Timão, que, após sofrer o empate, tendo um atleta a mais em campo, se expôs tentando a vitória, do que outras questões.

- Mudou a postura do jogo, que é onze contra onze, as defesas marcavam um pouco mais baixo, e depois você tinha que construir o jogo. Na medida que eles ficaram com um homem a menos e fizeram o gol de empate, fizemos a substituição, já tínhamos feito, aliás, para poder propor mais jogo. Isso fez com que o fluminense, com um homem a menos, abaixasse as suas linhas e saísse em contra-ataque, e ficamos expostos, como qualquer outro time ficaria exposto. Você vai buscar o resultado, o adversário tem um homem a menos e você vai buscar o resultado e se expõe, porque não consegue fazer a transição ofensiva e defensiva todos os momentos – destacou Sylvinho.

–- Então, ele ficou exposto, mas era proposital, queríamos buscar o resultado e o jogo ficou até perigoso, que é do jogo, no segundo tempo, substituições, e outro viés que tava ocorrendo, tínhamos que propor algo, fizemos as substituições, aumentamos nossas linhas, colocamos os nossos atletas no campo adversário, mas evidentemente que tu fica mais exposto, é uma questão de ficar exposto, porque queríamos propor e ganhar o jogo – concluiu.

O Corinthians volta a campo nesta quarta-feira (30), às 21h30, contra o São Paulo, pela oitava rodada do Brasileirão, na Neo Química Arena.

Sylvinho - Corinthians TV
Sylvinho chegou ao nono jogo no comando do Corinthians (Foto: Reprodução/Corinthians TV)