Sylvinho - Treino Corinthians

Sylvinho foi elogiado por Renato Augusto em coletiva nesta quinta-feira (Foto: Felipe Szpak/Ag. Corinthians)

LANCE!
07/10/2021
18:38
São Paulo (SP)

Ainda no início de sua carreira como técnico, Sylvinho enfrentou períodos complicados durante a atual passagem pelo comando do Corinthians e ficou sob intensa pressão no seu cargo antes do Dérbi contra o Palmeiras. Porém, conseguiu triunfar no clássico, se segurou no cargo e depois completou uma sequência de dez jogos de invencibilidade na equipe alvinegra.


TABELA

> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira as fotos da nova terceira camisa roxa do Corinthians

Com o seu time reforçado com nomes de peso e agora exibindo um bom futebol, Sylvinho recebeu uma série de elogios de Renato Augusto na entrevista coletiva que o meio-campista concedeu nesta quinta-feira, no CT Joaquim Grava, onde o grupo corintiano fez o último treino antes de viajar para Recife. No sábado, às 16h30, na Arena Pernambuco, o Timão encara o Sport pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O meia de 33 anos lembrou da trajetória vitoriosa do técnico como jogador de grandes clubes e também do papel que o mesmo desempenhou como auxiliar de Tite na Seleção Brasileira, na qual Renato esteve junto com o comandante na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

- Sylvinho é um cara de altíssimo nível, jogou em Barcelona, Manchester City, Arsenal, é um cara que entende muito de futebol, estudou bastante, trabalhou bastante com o Tite, que é, talvez, o maior treinador com quem eu trabalhei. Ele tem total confiança nossa, dá abertura para nós, sempre me deu abertura, entende o que é o Corinthians - ressaltou Renato Augusto.

Em seguida, o jogador exaltou o importante trabalho que o técnico vem conseguindo realizar no campo psicológico, que foi fundamental para o grupo ter a confiança necessária para vencer o Palmeiras por 2 a 1 no clássico que fortaleceu o treinador no comando do Corinthians, Depois disso, o time ainda conseguiu buscar um heroico empate por 2 a 2 com o Bragantino, fora de casa, e derrotou o Bahia por 3 a 1, de virada, na Neo Química Arena, nos últimos duelos pelo Brasileirão.

 - Ele nos ajudou bastante quanto a isso, na parte emocional. Pode vir a ser um dos maiores treinadores aqui no Brasil em pouco tempo. Estuda bastante, entende do jogo, claro que vão ter erros e acertos, e temos de ter compreensão com isso, como temos com um companheiro que erra um passe, um chute. E o mais importante é que ele tenta o melhor para o grupo. Tem total confiança nossa e acho que estamos no caminho certo - completou Renato Augusto.

Com um retrospecto de cinco vitórias e cinco empates nas últimas dez partidas, o Corinthians entrou na briga direta pela vice-liderança do Brasileirão. Figura hoje na quinta posição da tabela, com 37 pontos, apenas dois atrás de Flamengo, Palmeiras e Fortaleza, que estão empatados com 39 e só estão atrás do Atlético-MG, líder disparado, com 50 pontos.