LANCE!
07/10/2021
13:32
São Paulo (SP)

Um dos grandes reforços trazidos pelo Corinthians recentemente foi Renato Augusto. Com sua técnica apurada e sua inteligência tática, ele tem feito a diferença nessa sua volta ao clube. Mas além dessas características, o meia diz se inspirar em dois corintianos históricos: Elias e Paulinho, esse último ele até abriu as portas para uma possível chegada no início da próxima temporada.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Varanda é mais um! Veja quem já deixou o Corinthians desde o início de 2021

Versátil no meio-campo, Renato tem jogado com um segundo volante, mas pode exercer outras funções no setor, como a de primeiro homem, algo que fez em alguns minutos do duelo com o Red Bull Bragantino. Essa porém não foi a primeira vez que trabalhou dessa forma. Por conta dessas mudanças e necessidade de aperfeiçoamento, ele se baseia em antigos companheiros.

- Joguei a Olimpíada (de 2016) toda de primeiro volante, não é uma novidade pra mim, na China também fiz algumas vezes, mas a função que mais gosto é a de 8, de meia, a que venho jogando. Em alguns momentos, vai precisar, como contra o Bragantino, quando o Sylvinho fez uma substituição e eu recuei. Acabei até fazendo um gol mesmo nesta função.

- O que procuro é estar perto da área, pisar na área. Aprendi muito com jogadores com quem joguei. Quando era mais novo, não tinha tanto a ideia de jogar perto do gol, mas joguei com Elias e Paulinho, jogadores que têm o feeling do gol, que entendem essa infiltração. Procurei aprender com eles, para entrar na área e fazer mais gols - completou.

Perguntado sobre a possibilidade e Paulinho fazer a função de primeiro volante, Renato Augusto se esquivou e deixou a "bomba" nas mãos de Sylvinho. Mesmo assim, deixou as portas abertas para seu companheiro de Seleção na Copa de 2018 voltar ao Corinthians em um futuro próximo.

- A questão tática seria mais com o Sylvinho. Ele até passou na Arábia Saudita um pouco, não sei como vem jogando. Mas é um cara de alto nível. Se realmente vier, será de grande valia para nós.

Paulinho ainda não tem uma proposta formalizada do Corinthians, mas as partes já conversam para um possível acordo a partir do início de 2022. Não há pressa para a resolução da negociação, uma vez que o jogador não pode mais atuar no futebol brasileiro neste ano. A tendência é que ele volte ao Timão.

Renato Augusto - Coletiva Corinthians
Renato falou com a imprensa (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)