Manoel

Manoel voltou a trabalhar com o elenco (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
12/09/2019
12:50
São Paulo (SP)

De olho no Fluminense, o Corinthians ganhou o retorno do zagueiro Manoel aos treinos com bola no CT Joaquim Grava. O defensor vinha fazendo um trabalho de fortalecimento muscular e foi liberado pela comissão técnica para retornar aos trabalhos com o restante do elenco. O atacante Clayson também treinou com bola após fazer um trabalho físico, mas está suspenso. 

Por determinação do Corinthians, o treino desta quinta-feira foi fechado aos jornalistas e torcedores. De acordo com as informações divulgadas pela assessoria de imprensa do Timão, Manoel e Clayson trabalharam com bola sem qualquer tipo de restrição.

Já o lateral Danilo Avelar segue em tratamento por conta das dores na parte posterior da coxa esquerdae a situação preocupa. Caso ele não consiga treinar nos dois próximos dias, Carlos Augusto será o titular do Timão em Brasília.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Outra novidade no Corinthians foi o retorno do meio-campista Sornoza após defender a seleção equatoriana na última semana. Como chegou de uma viagem longa, o jogador ficou na parte interna do CT Joaquim Grava e fez exercícios regenerativos. Já o lateral Fagner, que estava com a Seleção Brasileira nos Estados Unidos, não conseguiu chegar a tempo e retorna aos trabalhos apenas na próxima sexta. 

Na manhã desta quinta, Carille comandou uma atividade de enfrentamento entre meias e atacantes contra os defensores. Na segunda parte do treino, o comandante do Timão definiu titulares e reservas e comandou um coletivo. O provável Corinthians para domingo tem Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Carlos Augusto (Danilo Avelar); Gabriel; Pedrinho, Júnior Urso, Mateus Vital e Jadson (Janderson); Vagner Love.

Na quarta colocação do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos ganhos, o Corinthians visita o Fluminense no estádio Mané Garrincha no próximo domingo, às 16h. A partida marca o fechamento do primeiro turno da competição nacional e pode recolocar o Timão na cola dos líderes.