Corinthians x Cruzeiro

Loss aprovou a parada para a Copa do Mundo (Foto: Gil Guzzo/Ofotografico)

Guilherme Amaro
11/07/2018
23:34
São Paulo (SP)

O técnico Osmar Loss diz que o Corinthians saiu fortalecido após a parada dos campeonatos por conta da disputa da Copa do Mundo. No período, o Timão disputou três amistosos, com vitórias sobre Cruzeiro (2 a 0) e Grêmio (2 a 1), além de empate com o Cruzeiro (2 a 2).

- A gente sai muito fortalecido. A parada realmente foi boa para a gente poder readquirir nossa confiança, o "olhar leve". Certamente que torcida também vê dessa forma. Agora, temos que traduzir isso nos jogos que vão valer três pontos e que valerão classificações - disse Loss.

- A avaliação do período de treinamento é, em geral, muito positiva. Independentemente dos resultados, conseguimos mostrar as ideias, os atletas têm cumprido o que nos tínhamos como ideias. O time mostrou que assimilou o que foi treinado. Então, o balanço foi muito positivo - acrescentou o treinador.


Em sua entrevista coletiva após o amistoso contra o Cruzeiro nesta quarta-feira, Loss também exaltou o público feminino que compareceu à Arena (mais de 15 mil mulheres que não pagaram ingresso), analisou jogadores e também falou sobre a mudança do esquema do 4-2-3-1 para o 4-1-4-1 no segundo tempo. Confira:

PÚBLICO FEMININO

Fico nítido, muito claro até o tom do grito estava um pouco mais fino. Minha esposa e minha filha também estavam presentes aqui, eram parte das 15 mil, é um ambiente muito bacana. Quando tem mulheres no estádio, dá referência a um ambiente familiar. É muito legal, essa iniciativa do Corinthians foi muito boa e espero que se repita. Por que estádio ficou 90 minutos apoiando, mesmo quando a gente estava perdendo por 2 a 0.

PEDRINHO

Não sei se elas (mulher e filha) pediram (a entrada do Pedrinho), geralmente elas ficam mais quietas. Mas boa parte do estádio sempre pede o Pedrinho, isso desde o ano passado, não é uma coisa de agora. É um jogador que a torcida gosta, que tem o drible e isso quem gosta de futebol, gosta de ver. A atuação dele conseguiu transformar em gol, coisa que ele construía muitas ações e não conseguia transformar em eficiências, em números, que são importantes para a equipe. Hoje ele (Pedrinho) foi importante nisso, assim como o Marquinhos Gabriel. Uma vitória pessoal, ele conseguiu trabalhar muito bem com o Danilo Avelar, depois com o Rodriguinho e com o Rodrigo Figueiredo. Acho que todos os atletas que entraram hoje tiveram um grande rendimento.

PRIORIZAR ALGUM CAMPEONATO

Não dá para fazer esse projeto hoje. Nos jogos eliminatórios, são menos jogos para ganhar dois títulos, do que resta de todo o Campeonato Brasileiro. E nós temos que estar atentos a isso. Nosso objetivo é encurtar a distância, a cada jogo que a gente disputar, vai ser diminuir a distância para o bloco de cima. Consequentemente, o líder também. Não existe um projeto para valorizar uma competição mais do que a outra.

MUDANÇA DE ESQUEMA

O 4-1-4-1 sempre foi opção aqui no Corinthians. Desde que o Tite estava aqui, ele foi opção. Acho que temos jogadores extremamente qualificados, com uma ótima leitura tática, que podem se adaptar a várias funções. Hoje, eu acho que deu certo. Quando mudamos, conseguimos empurrar o Cruzeiro para o seu campo, melhorou nossa posse de bola no terço final do campo. Tivemos alguns contra-ataques sofridos, mas atingimos o objetivo, que era empurrar nosso time um pouco mais para frente. Podemos jogar com dois (volantes) sem centroavante, acho que isso é algo que nosso plantel nos dá opção de escolher. Claro que preferimos ter um esquema sólido, mas acho que essas variações nos ajudam nessa quantidades de jogos que vamos ter.

MATHEUS MATIAS (primeiro jogo como titular)

Bom, não podemos deixar de falar que temos Jonathan, o Danilo que também pode ser utilizado nesta posição e o Emerson. Então, estamos bem servidos nessa função, para utilizar jogadores com a camisa 9. Nosso planejamento era que observássemos ele com uma equipe mais rotinada, também contra um defesa adversária mais treinador. É muito importante a gente ter uma observação, não pode ser contra o Botafogo. Contra o Botafogo temos que tomar as melhores decisões, não as observações.

CÁSSIO (voltou após a Copa)

Um jogador que esteve na Copa do Mundo, que é referência no Corinthians. Por isso até que nós optamos por já colocar ele nesse retorno.