Estádio Monumental de Lima

Estádio Monumental recebeu jogo do Palmeiras, pela Libertdores, há três semanas (Foto: Reprodução/Todo Sport)

LANCE!
03/05/2021
05:00
São Paulo (SP)

O Corinthians se livrou da altitude e 3.400 metros que enfrentaria nesta quinta-feira (6), quando enfrenta o Sport Huancayo (PER), pela terceira rodada do grupo E da Copa Sul-Americana. Isso, porque a partida que seria disputada na cidade que leva o nome do clube foi alterada pela Conmebol e acontecerá em Lima, capital peruana.

Agora, o duelo está agendado para o Estádio Monumental de Lima, e não mais no Estádio Huancayo.

A informação foi confirmada pelo técnico corintiano Vagner Mancini, em entrevista coletiva virtual concedida após o empate em 2 a 2, contra o São Paulo, neste domingo (2), pela décima rodada do Campeonato Paulista. A mudança no endereço do jogo foi comemorada pelo treinador, que também destacou a importância do confronto.

– O jogo é muito importante para nós, porque temos ambições na Sul-Americana, embora a gente tenha dificuldade a nossa missão, quando perdemos do Peñarol aqui, e quando empatamos lá no Paraguai, mas ainda faltam quatro jogos e tudo pode acontecer no futebol. Então, temos que ir para o Peru. O jogo é em Lima, felizmente não temos a altitude. Fazer um bom jogo não só para apagar essa atuação diante do Peñarol, mas também pra enfrentar bem o Huancayo – afirmou Vagner Mancini.

O comandante corintiano admite que o próprio clube se complicou no torneio continental, mas não perde as esperanças de ficar com a única vaga da chave para as oitavas de final. Para conquistar o objetivo, o profissional considera o Peñarol (URU), que venceu os corintianos por 2 a 0, em São Paulo, na última quinta-feira (29) será o adversário a ser batido no grupo.

– Voltar com quatro pontos e continuar a briga, eu acho, que com o Peñarol. Nós ainda temos um jogo lá no Uruguai, diante do Peñarol, mas dá pra reverter. Ficou muito mais difícil, mas a gente ainda acredita, até porque defendemos o Corinthians e essa é uma marca do Corinthians, que tem que ser levada até o final – citou o técnico.

Além do tropeço, em casa, contra os uruguaios, o Alvinegro do Parque São Jorge também não conquistou o resultado esperado na estreia da Sul-Americana, quando ficou apenas no 0 a 0 contra o River Plate (PAR), lanterna no seu campeonato nacional. Ainda que o confronto tenha acontecido no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o clube paraguaio é visto como “fiel da balança” no grupo.