Cruzeiro x Corinthians

Jair Ventura no Mineirão na final da Copa do Brasil (Foto: Marcello Fim)

LANCE!
11/10/2018
00:41
São Paulo (SP)

Não sobrou alternativa para o técnico Jair Ventura após a derrota do Corinthians por 1 a 0 para o Cruzeiro no jogo de ida da final da Copa do Brasil nesta quarta-feira no Mineirão. Ele teve de reconhecer a falta de criatividade de seu time, que nem sequer assustou o goleiro Fábio. Jair, porém, negou que a estratégia do time tenha sido atuar por uma bola.

- Realmente criamos pouco, mas a posse de bola mostra que não jogamos por uma bola. Senão, não teríamos. Uma coisa é não ter a bola. Hoje tivemos, mas com dificuldade de criar  - afirmou o treinador, que admitiu a importância da vantagem do Cruzeiro para o jogo de volta.

- Cruzeiro tem a vantagem, claro. Se não tivesse, estaria feliz. E a gente sabe como eles jogam fora de casa, são muito perigosos, fortes. A gente se preocupou em fechar o corredor central, analisamos isso. Como fechamos bem, o outro corredor abriu e criaram chances ali. Assim conseguiram a vantagem - declarou o treinador. 


Jair deixou claro que confia em uma nova jornada como a da semifinal contra o Flamengo, quando o Corinthians venceu por 2 a 1 em Itaquera. Ele projetou o jogo de volta, no qual poderá contar com Douglas, que cumpriu suspensão. O Timão terá de vencer por pelo menos dois gols de diferença para conquistar o título ou um para levar a decisão para os pênaltis. 

- Você faz a vantagem em casa,e  joga na transição fora. Ele (Cruzeiro) vai jogar assim. Sobre o Douglas, vamos pensar, analisar, ver o jogo melhor, e quem achar que estão melhor, vão iniciar a partida - afirmou.