Kanu

Kanu é um alvo do Corinthians para reforçar a zaga; Botafogo faz jogo duro (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

Alexandre Guariglia
25/12/2021
06:00
São Paulo (SP)

O Corinthians está no mercado em busca de um zagueiro e sabe qual é o primeiro nome da lista: Kanu, do Botafogo. Apesar de ter havido um avanço nas negociações, como publicou o jornalista Jorge Nicola e confirmou o LANCE!, a situação ainda não tem uma definição e os cariocas não devem facilitar.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja como fica o valor de mercado do elenco do Corinthians com Paulinho

Aos 24 anos, revelado pela base botafoguense, Kanu tem despertado o interesse de vários clubes, incluindo o São Paulo, que recentemente tentou sua contratação, mas não conseguiu concretizar o negócio. O Fogão sabe que tem um bom nome de mercado em mão, mas ao mesmo tempo um atleta que tem contrato até dezembro de 2022, ou seja, apenas mais um ano de vínculo.

O Corinthians, por sua vez, já tem alinhado com os representantes do atleta as condições do negócio e já recebeu sinal positivo sobre a vontade do jogador de defender a camisa do Timão. Mas nada disso é válido sem a assinatura do Botafogo, que não deve conseguir renovar o contrato com o zagueiro e busca, pelo menos, receber alguma compensação nesta janela de transferências.

Acontece que o Corinthians não está disposto a envolver uma quantia financeira para tirar o defensor do clube carioca, algo que tem acontecido nas tratativas com qualquer jogador que interesse. Assim, os dirigentes corintianos estão tentando esgotar todas as possibilidades que possam fugir dessa alternativa. O objetivo é não onerar ainda mais os cofres do clube.

Uma condição acenada pelo Corinthians foi incluir jogadores na negociação, mas ainda não houve uma sinalização positiva por parte do Botafogo. Uma questão que está sendo discutida, é o pagamento dos salários desse(s) atleta(s) envolvido(s), já que os cariocas gostariam de uma divisão nos vencimentos. 

Foi cogitado também o perdão de uma dívida que o Botafogo tem com o Timão devido a alguns empréstimos que foram negociados entre os clubes. Essa condição também tem sido discutida, mas ainda assim o Fogão mantém a intenção de ter uma compensação financeira por considerar que se trata de um ativo importante e valorizado, e que precisa ser pago como tal.

As negociações ainda devem levar alguns dias (ou semanas) para serem sacramentadas. No momento, no Corinthians, não há um posicionamento nem para a desistência, nem para o otimismo de que vai fechar. O interesse existe e as partes trabalham para chegarem a um acordo, mas depende do Botafogo.

O Timão tem apenas três zagueiros no elenco profissional: João Victor, Gil e Raul Gustavo, por isso quer reforçar o setor com um nome de jogador que chegue pronto para disputar posição e tem condição de repor ausência dos titulares. Léo Santos foi emprestado para a Ponte Preta, enquanto Danilo Avelar não será aproveitado. Jogadores da base devem compor o elenco.