Fabrício Oya

Fabrício Oya voltou a marcar na Copinha e ajudou Corinthians a se classificar (Foto: Marco Galvão/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
14/01/2019
22:16
São Paulo (SP)

O sonho da conquista da 11ª Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Corinthians continua vivo. Nesta segunda-feira, em Itu, o Timão superou o Red Bull Brasil-SP por 4 a 2 nos pênaltis após empate por 2 a 2 no tempo normal e se classificou para as oitavas de final da competição. O adversário agora será o Visão Celeste-RN, na próxima quarta-feira. 

O herói da partida acabou sendo o goleiro Diego, do Corinthians. No último lance de perigo do tempo normal, ele salvou o Timão ao defender uma cabeçada muito perigosa, garantindo a decisão por pênaltis. Depois, ele definiu o jogo pegando a última cobrança, de Léo. 

O Red Bull vendeu caro a derrota. Começou na frente, marcando aos cinco minutos de jogo com Luis Phelipe, outro destaque da partida. O Corinthians virou ainda no primeiro tempo com um golaço de Fabrício Oya, e depois de Rafael Bilu, dois jogadores com passagens pelo profissional. Ainda na primeira etapa, Luis Phelipe marcou de novo e deixou tudo igual. 

No segundo tempo, as duas equipes absorveram a tensão da decisão e as chances de gol passaram a ser mais raras. O Red Bull teve a chance, mas desperdiçou e foi castigado. Nos pênaltis, os quatro cobradores do Corinthians marcaram: Oya, João Celeri, Gustavo Mantuan e Caetano. Feitosa e Moreira fizeram para o Red Bull, mas Chrigor e Léo desperdiçaram. 

Melhor para o Timão, maior vencedor da história da Copinha com dez conquistas. Nas oitavas, confronto contra uma equipe que já fez história: o Visão Celeste é o primeiro clube potiguar a chegar às oitavas de final da Copinha.