Consultoria que auxiliou Corinthians com dívidas cobra valor milionário na justiça 

Contrato com a KPMG foi firmado em maio de 2021, primeiro ano de Duílio Monteiro Alves como presidente do clube

duilio-e-augusto-melo-se-encontram-e-iniciam-qv-aspect-ratio-512-320
Duílio Monteiro Alves em reunião com Augusto Melo (Foto: Divulgação / Corinthians)

Escrito por Vitor Coelho Palhares, supervisionado por

A KPMG, empresa contratada para auxiliar o Corinthians na renegociação de dívidas, alegou calote e moveu uma ação na justiça para cobrar R$ 1,5 milhão do clube paulista.

➡️ Tudo sobre o Timão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Corinthians

A dívida foi confessada por Duílio Monteiro Alves, ex-mandatário do Corinthians, em documento firmado no dia 30 de dezembro, antepenúltimo de sua gestão. À época, Duílio assegurou à empresa que o montante seria depositado até o dia 20 de janeiro, em uma única parcela, o que não se confirmou. 

O acordo com a KPMG foi assinado em maio de 2021, no primeiro ano de gestão do agora ex-presidente. Na ocasião, o Corinthians vinha de um aumento exponencial em sua dívida, que beirava R$ 1 bilhão segundo o balanço financeiro da época.

O objetivo da parceria entre as partes era trabalhar na renegociação das dívidas do clube, além de auxiliar na captação de novos recursos para complementar a renda. No entanto, a défice financeiro do clube cresceu drasticamente desde então e hoje ultrapassa o valor de R$ 2 bilhões. 

Ao assumir a presidência do Corinthians, em janeiro de 2024, Augusto Melo encerrou o contrato com a empresa de consultoria e contratou a Ernst & Young para assumir a função.

Duilio-Monteiro-Alves-Corinthians
Acordo com a KPMG foi assinado em maio de 2021, primeiro ano de Duílio Monteiro Alves à frente da presidência do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter