Fábio Lázaro
07/06/2022
23:26
São Paulo (SP)

Uma das leis mais famosas do futebol atacou novamente e dessa vez fez o Corinthians de vítima. Com gol do lateral-esquerdo Uendel, ainda no primeiro tempo, o Cuiabá bateu o Timão por 1 a 0, na Arena Pantanal, no Mato Grosso, nesta terça-feira (7), pela abertura da 10º rodada do Campeonato Brasileiro.

+ ATUAÇÕES: Vítor Pereira e Robson Bambu vão mal em derrota do Corinthians para o Cuiabá
+ GALERIA - Jogadores da base que mais ganharam chances com VP
+ TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Brasileirão

A vitória foi a primeira do Dourado em casa pela competição nacional e, de quebra, interrompeu uma sequência de 11 jogos sem perder do clube paulista.

+ Afastado por lesão, Jô é flagrado em pagode durante a derrota do Corinthians; assista

O revés também pode tirar o Alvinegro do Parque São Jorge da liderança do Brasileirão, já que a equipe estacionou nos 18 pontos, mas pode ser ultrapassada por Atlético-MG e Palmeiras, que tem 16 e entram em campo nesta quarta (8) e quinta-feira (9), respectivamente, no complemento da rodada.

SALVA CÁSSIO

Aos dois minutos de jogo, a primeira grande chance foi criada pelo Cuiabá, mas parou em grande defesa do goleiro Cássio. Robson Bambu vacilou na defesa, Felipe Marques tomou a bola, rolou para trás e André encheu o pé para grande defesa do goleiro corintiano.

ANDRÉ COMEÇA ON FIRE

Dois minutos depois, a bola foi esticada para André Felipe, que encarou a marcação, finalizou com perigo de fora da área e a bola passou tirando tinta da trave esquerda do goleiro Cássio.

CORINTHIANS RESPONDE


Aos seis minutos do primeiro tempo, o Timão respondeu levando perigo pela primeira vez contra o Cuiabá. Os jogadores corintianos foram tocando bola de pé em pé, Mantuan recebeu pela direita e cruzou no segundo pau para Mosquito cabecear e obrigar João Carlos fazer boa defesa.

LEI DO EX NÃO FALHA

Depois da blitz no início da partida, o jogo caiu muito de rendimento. O Corinthians acertou o seu esquema defensivo, teve ligeiramente mais a bola, mas pecou na falta de um homem de armação no meio-campo. A aposta corintiana foi no jogo rápido pelas pontas, mas sem efetividade.

Sem muitas movimentações, o Cuiabá encontrou seu gol aos 35 minutos do primeiro tempo, e com um ex-atleta corintiano, o lateral-esquerdo Uendel.

Se a parte defensiva do Timão estava bem postada, houve alguns vacilos na saída de bola, quando o Dourado apertava. E foi assim que o time do Mato Grosso abriu o placar.

O Corinthians tentou saiu jogando, Mosquito soltou bola na fogueira para Adson, que não dominou, Uendel tomou, a bola sobrou para Felipe Marques, que devolveu para o lateral-esquerdo finalizar no canto esquerdo de Cássio e marcar o primeiro gol da partida.

Cuiabá x Corinthians
Cuiabá venceu com gol de Uendel, ex-Timão (Foto: AssCom Dourado)

VÍTOR PEREIRA MEXE MUITO NO INTERVALO

Sem gostar do que viu no primeiro tempo, o técnico Vítor Pereira embaralhou novamente as peças do quebra-cabeça corintiano e voltou para a etapa final com quatro alterações. Entraram Lucas Piton, Giuliano, Renato Augusto e Júnior Moraes, e saíram Robson Bambu, Bruno Melo, Du Queiroz e Adson.

Assim, o Timão passou a jogar em um 4-3-3, com Mantuan como lateral-direito, Gil e Raul Gustavo fazendo a dupla de zaga, e Piton caindo pela ala esquerda; o meio-campo passou a ter Cantillo atrás e uma dupla de meias, com Giuliano e Renato Augusto, na frente; e a trinca ofensiva contou com Mosquito pela direita, Róger Guedes na esquerda, e Júnior Moraes como atacante de centro.

QUASE O SEGUNDO DO DOURADO

Mesmo com as quatro alterações corintianas, o primeiro lance de perigo do segundo tempo foi do Cuiabá, assim como havia sido no primeiro tempo. Aos três minutos, Rafael Gava bateu escanteio com perigo, pelo lado direito, o zagueiro Alan Empereur ganhou de Róger Guedes por alto, mas mandou para fora, mesmo assim levando perigo ao gol de Cássio.

TIMÃO LEVA PERIGO PELA PRIMEIRA VEZ NO SEGUNDO TEMPO

Aos 10 minutos do segundo tempo, o Corinthians chegou com perigo pela primeira vez no segundo tempo, quando as mudanças foram feitas.

Róger Guedes recebeu passe de Giuliano pela esquerda, cortou para dentro, finalizou no canto esquerdo e obrigou boa defesa do goleiro João Carlos.

A jogada nasceu de uma boa recuperação de bola do zagueiro Raul Gustavo no meio-campo.

FALTA NO RÓGER GUEDES

Aos 20 minutos, o Corinthians teve boa chance com Róger Guedes, que recebeu em boas condições na entrada da área, pelo lado direito, foi tocado por Pepê e sofreu falta. O próprio Guedes cobrou e mandou por cima de gol, mas levando perigo para a meta adversária.

CUIABÁ QUASE AMPLIA

Aos 30 minutos, o volante Marcão Silva, que havia saído do banco de reservas, arriscou um belo chute de primeira, fora da área, e a bola passou com muito perigo ao gol de Cássio. 

SINALIZADORES CORINTIANOS PARAM O JOGO 

Por volta dos 35 minutos do segundo tempo, o jogo precisou ser parado por quase três minutos, por conta de sinalizadores acesos na torcida do Corinthians, que tomou todo o setor atrás de um dos gols da Arena Pantanal. Foram quase 10 mil corintianos no estádio em Mato Grosso.

POKO PRUDENTE

A expectativa é que o meia Valdívia, o popular 'Poko Pika', começasse a partida como titular, mas a comissão técnica do Cuiabá optou colocar o atleta durante o jogo. No entanto, mesmo entrando na etapa final, o jogador foi para o chuveiro mais cedo, já que aos 48 minutos do segundo tempo entrou com muita imprudência e força cometendo falta em Mantuan, no Timão. 

FICHA TÉCNICA
CUIABÁ 1 X 0 CORINTHIANS
CAMPEONATO BRASILEIRO - 10ª RODADA


Local: Arena Pantanal, Cuiabá (MT)
Data e hora: 7 de junho de 2022, às 21h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CE)
Assistentes: Nailton Júnior de Sousa Oliveira (CE) e Márcia B. Lopes Caetano (RO)
Árbitro de vídeo: Rafael Traci (SC)
Público e renda: 22.129 pessoas / R$ 1.957.000,00
Cartões amarelos: Raul Gustavo e Du Queiroz (Corinthians)
Cartão vermelho: Valdívia (Cuiabá)

GOL: 1-0 Uendel (35'/1T)

CUIABÁ: João Carlos; João Lucas, Alan Empereur, Marllon e Uendel; Camilo, Rafael Gava (Valdívia, 21'/2T) e Pepê (Paulão, 35'/2T); Felipe Marques (Marcão Silva, 21'/2T), André Felipe (Jenison, 21'/2T) e André Luís (Alesson, 3'/2T). Técnico: Bernardo Franco. 

CORINTHIANS: Cássio; Robson Bambu (Júnior Moraes, intervalo), Gil e Raul Gustavo; Gustavo Mantuan, Cantillo, Du Queiroz (Giuliano, intervalo) e Bruno Melo (Lucas Piton, intervalo); Gustavo Mosquito (Wesley, 37'/2T), Róger Guedes e Adson (Renato Augusto, intervalo). Técnico: Vítor Pereira. 

Clique aqui e ganhe R$50 para jogar no Galera.bet