Estádio Raulino de Oliveira

Estádio Raulino de Oliveira será palco dos dois próximos jogos do Timão (Foto: Divulgação/PMVR)

Fábio Lázaro
22/03/2021
19:50
São Paulo (SP)

O Corinthians jogará duas partidas consecutivas na cidade de Volta Redonda nesta semana. Na terça-feira (23), às 21h, o Timão encara o Mirassol, com mando da equipe do interior, pela quinta rodada do Campeonato Paulista, partida que aconteceria neste domingo (21). Já na sexta (26), o time do Parque São Jorge manda o seu confronto diante do Retrô, de Pernambuco, pela segunda fase da Copa do Brasil, ás 21h30. Ambos os jogos acontecerão no estádio Raulino de Oliveira. 

Tanto a Federação Paulista de Futebol, quanto a CBF confirmaram a realização desses jogos, e o Departamento de Futebol corintiano monta uma logística para permanecer durante os próximos dias na cidade carioca. 

A medida tomada contrapõe a decisão do governo de São Paulo, que decretou fase emergencial em contenção aos crescentes casos de Covid-19 no Estado, proibindo, a princípio, até o dia 30 de março a realização de eventos esportivos. A FPF chegou a acalmar, tanto ao Poder Executivo Local, quanto ao Ministério Público para a revogação desta decisão, o que não aconteceu. 

Na manhã desta segunda-feira (22), a direção da Federação Paulista e membros dos clubes da Série A1 se reuniram virtualmente e optaram pela suspensão do Estadual até o fim da fase emergencial, mas durante o mesmo dia o estafe de Corinthians, Mirassol, São Bento e Palmeiras, para a realização dos jogos das respectivas equipes em Volta Redonda, já nesta terça-feira (23). Com isso, além do jogo do Alvinegro, São Bento e Palmeiras entra em campo horas antes. 

Já na parte da noite, a CBF divulgou a tabela dos primeiros jogos da segunda fase da Copa do Brasil, incluindo o confronto entre Timão e Retrô, no mesmo local que abrigará a partida do Corinthians pelo Paulistão. Jogo único e sem vantagem do empate, terá decisão por pênaltis caso termine empatado, e decide quem avança para a terceira fase do torneio nacional que pode render ao Corinthians, mais de R$ 70 milhões, caso seja campeão. 

>> Confira a tabela do Paulistão e simule os próximos jogos