Guilherme Amaro
08/05/2018
08:00
São Paulo (SP)

O Corinthians terá uma sequência de três jogos importantes pela frente: contra Vitória, pela volta das oitavas de final da Copa do Brasil (quinta); Palmeiras, pela quinta rodada do Brasileirão (domingo); e Deportivo Lara (VEN), pela quinta rodada da Libertadores (quarta). Em meio a essa série por três competições diferentes, o técnico Fábio Carille valorizou a disputa de mata-mata.

- Decisivo mesmo é só o jogo contra o Vitória. Qualquer resultado na Venezuela não define o grupo. São jogos importantes, mas não gosto de pensar lá na frente - afirmou Carille, na última sexta-feira.

Após o empate por 1 a 1 com o Ceará, no domingo, Carille admitiu que fica em "alerta" por conta dos últimos resultados. Ele igualou sua pior sequência desde que assumiu o Corinthians, com quatro jogos sem vitória.

Ficar quatro jogos sem ganhar já havia acontecido uma vez no ano passado, quando perdeu para Bahia, Botafogo e Ponte Preta, e empatou com o Grêmio. Agora, o Timão vem de derrotas para Atlético-MG e Independiente (ARG), e empates com Vitória e Ceará.

No confronto valorizado por Carille, o Corinthians precisa vencer para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. O duelo de ida terminou sem gols em Salvador, e uma nova igualdade na Arena levará a disputa para os pênaltis.

Na Libertadores, o Corinthians lidera o Grupo 7, com sete pontos, mas Independiente e Deportivo Lara têm seis. Além disso, o Millonarios (COL) tem quatro pontos e também tem chances de classificação.

Já no Brasileirão, o Timão é o terceiro colocado, com sete pontos em quatro jogos.