Cruzeiro x Corinthians - Carille

Carille comemorou o ponto conquistado pelo Corinthians fora de casa (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

LANCE!
08/06/2019
21:59
Belo Horizonte (MG) 

Em um duelo de fortes defesas, Corinthians e Cruzeiro ficaram no 0 a 0, neste sábado, no Mineirão. O resultado, válido pela oitava rodada do Brasileirão, deixou o Alvinegro na nona posição, com 12 pontos - a sete do Palmeiras, líder da competição. Além disso, o Timão ainda pode ser ultrapassado pelo Goiás - que se vencer a Chapecoense, nesta segunda-feira, alcança a mesma pontuação da equipe paulista, mas fica com uma vitória a mais. 

A distância para o topo, no entanto, não assusta o Fábio Carille. Ao ser perguntado se o Corinthians tem chances de título, o treinador elogiou os concorrentes do Alvinegro na corrida pela conquista do Campeonato Brasileiro, mas foi positivo na resposta: 

- Dá, sim. Entendemos que é difícil. É normal que essas equipes saiam na frente. Palmeiras tem o mesmo elenco há dois ou três anos, Cruzeiro também. Flamengo sofreu um pouquinho, agora está começando. A gente está começando agora. Com essa minha comissão, são 25 atletas que trabalham pela primeira vez, é muita coisa para um esporte coletivo. A gente não consegue treinar. Agora que a gente está começando a ter entendimento. Tudo requer um tempo. O Palmeiras vem forte, mas tem 30 rodadas, muita coisa pode acontecer. 

Para sair com um ponto de Belo Horizonte neste sábado, a defesa corintiana soube lidar com as adversidades. Isso porque, além de Cássio, na Seleção Brasileira, e Manoel - que não pode atuar pois pertence ao Cruzeiro - o setor perdeu Michel, aos 18 do primeiro tempo. No lugar do lateral, que já substituía Fagner, também convocado para a Copa América, entrou Bruno Mendéz, zagueiro de origem, que estreou com a camisa alvinegra.

- Muito bem a defesa hoje, três substituições. Se comportaram muito bem. É normal que aconteçam erros, se comportaram muito bem. Todo dia, é um trabalho diário, para que a gente tenha tranquilidade de usá-los nesses momentos.

OUTROS TÓPICOS DA COLETIVA

Diferença para o jogo contra o Flamengo
Cada jogo é uma história. O jogo do Flamengo propôs isso, a gente precisava correr atrás do resultado. Hoje foi jogo de pontos corridos, tem sempre que somar. Ponto aqui é importante. O Walter a gente conhece bem, é de muita qualidade. Treina muito para que nesse momento esteja pronto para jogar

Parada para a Copa América é benéfica? 
Não só o Corinthians, mas para essas equipes que têm elencos novos, como nosso caso. Para mim vai ser muito importante, dar atenção a todos, criar uma forma definida de jogar, ter um plano B. Vamos ter alguns dias de folga, depois 17 ou 20 dias até a gente voltar a jogar. Vai ser muito importante para nós.