Renê Júnior, no Smart Gol do Corinthians

Renê Júnior participa da apresentação do Smart Gol (Foto: Guilherme Amaro)

Guilherme Amaro
15/01/2019
12:56
São Paulo (SP)

O Corinthians apresentou para a imprensa o equipamento Smart Gol, que tem como objetivo trabalhar a reatividade dos atletas. Os aparelhos ajudam na preparação física e reabilitação dos jogadores.

- Esse novo sistema que estamos lançando já estava sendo utilizado por alguns atletas, mas não de forma oficial. Até para passarmos toda a metodologia, para as necessidades de cada atleta tanto para recuperação e performance, mas não para a parte técnica. O equipamento foi uma lacuna que a gente tinha no Lab R9 (laboratório de biomecânica do CT do Corinthians), da parte de reatividade, ou seja, o tempo de reação que é o tempo em que o atleta demora para receber uma ação externa e depois fazer a ação interna, reagir ao estímulo. Conseguimos a parceria com o Smart Gol, que já está há dois, três anos com esse sistema e começamos a trabalhar juntos há oito meses, com alguns refinamentos específicos para metodologias que já utilizamos e também alguns ajustes técnicos, para avaliar os atletas e criar estratégias para dar os treinamentos. Na reabilitação é muito importante, porque dá para colocar todos os gestos dos atletas: passe, giro, finalização, cabeceio, então é um enfrentamento antes de colocar o jogador em campo, e aí eu acelero uma fase de recuperação, otimizo a fase final de transição e ele volta com mais segurança aos treinos - afirmou o fisioterapeuta Luciano Rosa.

Nesta terça-feira, participaram da apresentação à imprensa o volante Renê Júnior, que está em transição física após operar o joelho direito no ano passado, o meia Mateus Vital e o atacante Gustavo Silva.

Antes disso, o Corinthians já havia feito um treino em campo com diversos desfalques. De acordo com o preparador físico Walmir Cruz, as ausências são normais neste início de ano.

- Existem atletas que precisam um pouco mais de força e potência. O Renê e o Gabriel estão numa transição. O Cássio ficou lá para fazer trabalho específico. Vocês vão ver nesse período todo que alguns atletas não vão a campo para trabalhar questões físicas que são exigidas no campo - disse Walmir Cruz.

VEJA QUEM NÃO FOI A CAMPO:

Cássio: realizou fortalecimento muscular na parte interna do CT. Não preocupa a comissão técnica.

Clayson: voltou a sentir dores no joelho direito, operado no ano passado. Por isso, também fez fortalecimento muscular.

Ralf: tem incômodo muscular na coxa direita e também fez tratamento nesta terça de manhã.

Renê Júnior: está em transição física após cirurgia no joelho direito no ano passado.

Gabriel: vem tratando lesão na coxa direita desde que se reapresentou. Está na fase de transição física.

Pedrinho: sofreu uma pancada no joelho direito na semana passada. Continuou o tratamento.

Díaz: sente dores no joelho direito, que foi operado no fim de 2017.

Romero: como tem sido neste início de ano, não participou da atividade com o elenco e fez trabalhos físicos.

Jonathas: fora dos planos, também só realizou atividades físicas.