Sylvinho - Corinthians

Sylvinho deixa o Corinthians com 16 vitórias em 43 partidas (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

Fábio Lázaro
03/02/2022
00:22
São Paulo (SP)

Sylvinho não é mais técnico do Corinthians. A derrota por 2 a 1, de virada, para o Santos, na Neo Química Arena, na última quarta-feira (2), pela terceira rodada do Campeonato Paulista, foi a gota d´água para a saída do treinador. 

Nas arquibancadas da Neo Química Arena, os protestos foram intensos por parte de todos os setores após o revés diante do Peixe. logo após o apito final, a Gaviões da Fiel, principal torcida uniformizada do Timão, inclusive, marcou um protesto para este sábado (5), pedindo a demissão do profissional, o que não houve tempo para acontecer, já que o técnico foi demitido antes. 

> GALERIA - 15 GRANDES MOMENTOS DE PAULINHO PELO CORINTHIANS
​>
 TABELA - CONFIRA E SIMULE OS JOGOS DO TIMÃO NO PAULISTA

Desde a chegada ao Corinthians, Sylvinho sempre esteve pressionado. No ano passado, mesmo comandando o time para uma vaga direta à fase de grupos da Libertadores em 2022, foram inúmeras vezes que o treinador foi vaiado e teve o seu desligamento solicitado, até de maneira oficial por torcidas organizadas. 

No último domingo (30), mesmo com a vitória por 1 a 0 diante do Santo André, no estádio Bruno José Daniel, Sylvio não foi poupado, e novamente foi alvo de críticas da torcida corintiana ao fim do jogo. 

A confiança da diretoria e o bom relacionamento com os jogadores sempre foi trufo do treinador, mas não foi o suficiente após a derrota no Clássico Alvinegro. 

Após o jogo, em Itaquera, Sylvinho foi rapidamente aos vestiários e teve uma reunião com membros da diretoria. O treinador não participou nem na roda de conversa e oração com os jogadores, depois da partida, como era de praxe. 

O técnico deixa o Timão após 43 jogos, sendo 16 vitórias, 14 empates e 13 derrotas, um aproveitamento de 48%.