Renato Augusto

Renato Augusto jogou cinco temporadas no futebol chinês e tem números expressivos (Foto: Reprodução)

Alexandre Guariglia
14/07/2021
07:00
São Paulo (SP)

O Corinthians está empenhado em fazer um sonho virar realidade com a contratação de Renato Augusto. A volta do meio-campista é um desejo do clube, da comissão técnica e dos torcedores, ansiosos por reforços e dias melhores. Mas como é que o ex-corintiano chegaria de sua passagem pelo futebol chinês? Aos 33 anos, acumulou bons números e com status de craque.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão-2021 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Jemerson e Otero dão adeus! Veja quem já deixou o Corinthians em 2021

Se a contratação for concretizada, como espera a Fiel torcida, Renato vai precisar de um tempo para entrar no ritmo, já que ele não joga desde 10 de dezembro de 2020, quando fez sua última partida pelo Beijing Guoan, onde atuou por cinco temporadas, ou seja, são mais de sete meses sem jogar. Nesse período, ele tem sido acompanhado por um preparador físico particular.

Obviamente o nível técnico do futebol chinês tem uma defasagem em relação ao brasileiro, mas os números de Renato por lá e sua qualidade valem para qualquer lugar do mundo. Na última temporada, por exemplo, ele atuou como meio-campista (posição mais comum) e como meia centralizado , caindo em alguns momentos também pelo lado esquerdo do ataque do Beijing.

Se chegar ao Corinthians, deve atuar, provavelmente, na posição que Vitinho tem ocupado, mas com mais poder de criação e aproximação dos atacantes de lado, além de conseguir fazer muito bem um segundo volante em caso de Sylvinho optar por uma formação mais ofensiva, sem Gabriel ou Cantillo.

Ao longo das cinco temporadas que defendeu o Beijing Guoan, Renato fez 152 jogos somando todas as competições nacionais e continentais. Apesar de ter conquistado apenas um título, da Copa da China em 2018, o meia acumulou números de respeito e adquiriu status de craque no futebol local.

Foram 40 gols marcados e 45 assistências para os companheiros, ou seja, 0,56 participação direta em gol por jogo que disputou pelo clube chinês. Isso significa que a cada duas partidas ele era responsável por um gol da equipe, índice bastante alto, que pode até não se repetir no Corinthians, mas ajudaria demais na construção ofensiva do time de Sylvinho, que é bem pobre.

A verdade é que sua contratação mudaria o status do Corinthians no atual cenário do futebol brasileiro, já que não há um jogador desse nível por aqui. Se não elevaria a equipe a uma conquista de título, pelo menos seria um enorme diferencial na briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2022.

Confira os números de Renato Augusto pelo Beijing Guoan:

152 jogos
​40 gols marcados (0,26 por jogo)
45 assistências (0,30 por jogo)
85 participações diretas em gol (0,56 por jogo)