Sheik

No ano passado, Sheik jogou a semifinal do Paulistão na Arena (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

Ana Canhedo
13/04/2019
06:00
São Paulo (SP)

Há pouco mais de um ano, em 28 de março de 2018, Emerson Sheik era titular do Corinthians em semifinal contra o São Paulo, no Campeonato Paulista, e ajudava o Timão a se classificar à decisão estadual. Agora gerente de futebol do clube do Parque São Jorge, vai reencontrar o rival paulista neste domingo, quando tentará manter a hegemonia. No novo cargo, ganhou elogio de Fagner.

- Pela postura deles no dia a dia, não dá para estranhar. Se a coisa acontecer como a gente planeja, e o time for campeão, ajuda a todo mundo, inclusive eles que estão começando a carreira. Ficamos felizes de poder ajudar de alguma forma - ponderou Fagner, citando também Vilson, ex-zagueiro cujo cargo é o mesmo de Sheik no Corinthians.

Descoberto após ingressar as categorias de base do São Paulo e aposentado dos gramados desde o fim do ano passado, Emerson Sheik enfrentou o Tricolor Paulista com a camisa do Corinthians 16 vezes na carreira. E, na maioria delas, saiu vitorioso. O 17º Majestoso do agora gerente de de futebol do Timão será neste domingo, no Morumbi, quando irá ao estádio com a delegação. 

No dia a dia, a função de Sheik é tratar de questões burocráticas e ajudar a manter em ordem a rotina do clube e do futebol. Situação bastante diferente da vivida há pouco mais de 12 meses, quando ainda era jogador. 

Em mata-matas, Emerson tem 100% de aproveitamento contra o São Paulo: passou às finais do Paulistão de 2013 e 2018 com o Corinthians e, ainda em 2013, venceu a Recopa Sul-Americana diante do rival, o último embate em finais dos dois times que estarão frente a frente em 2019.

Alguns dos jogadores que participaram do Majestoso do ano passado seguem nos dois clubes. No Corinthians, são eles: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Henrique, Gabriel, Pedrinho, Mateus Vital, Clayson e o próprio técnico Fábio Carille. Já no São Paulo, Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo, Jucilei, Nenê e Liziero seguem no clube.