LANCE!
18/11/2020
20:01
Fortaleza (CE)

O Palmeiras empatou com o Ceará por 2 a 2 na partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil, na Arena Castelão, em Fortaleza e agora espera o vencedor do confronto entre América-MG e Internacional para sabem quem enfrenta na semi do mata-mata nacional.

VEJA AQUI A TABELA DA COPA DO BRASIL

Com uma vantagem de três gols construída no jogo de ida, o Verdão fez um bom primeiro tempo e abriu dois gols de diferença, com Raphael Veiga. Porém, o Vozão empatou com Vina e Tiago Pagnussat na segunda etapa.

Vale lembrar que o Palmeiras estava sem quinze jogadores por conta da Covid-19: Alan Empereur, Luan, Gabriel Menino, Matias Viña, Danilo, Rony, Gabriel Silva, Veron, Jailson, Vinicius, Kuscevic, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Pedro Acácio e Marino, além de Felipe Melo e Wesley, machucados.

Agora, o Verdão vira a chave para jogar o Brasileirão, quando enfrenta o Goiás sábado, às 21h, na Serrinha, em Goiânia. Já no domingo, o Ceará pega o Atlético-MG, às 16h, novamente no Castelão.

Palmeiras começa melhor e abre o placar
Jogando com uma vantagem de três gols construída na partida de ida, o Verdão soube controlar bem o jogo e não levava sustos do ataque do Ceará. O primeiro lance de perigo veio somente aos 20 minutos, quando Raphael Veiga cobrou falta na barreira, mas chutou o rebote e levou perigo ao gol de Fernando Prass.

Cinco minutos depois, Veiga invadiu a área e foi derrubado por Charles. Pênalti que o próprio camisa 23 bateu e marcou o primeiro. Com o gol sofrido, o Vozão passou a atacar mais o Palmeiras, mas abusava nos cruzamentos sem tanto perigo a meta de Weverton. Aos 40 minutos, Charles cabeceou após cobrança de escanteio, mas a bola foi por cima. 

Ceará x Palmeiras - Comemoração
Veiga marcou os dois do Verdão (Foto: Cesar Greco/ Palmeiras)

Verdão pressiona e Veiga faz um golaço
Parecia que o jogo ia ser dessa forma até o intervalo, mas o Palmeiras começou a pressionar. Aos 42 minutos, Willian finalizou de fora da área, obrigando Fernando Prass a fazer uma bela defesa. Quatro minutos mais tarde, Veiga chutou e novamente o goleiro do Ceará teve que aparecer. 

Até que aos 49 minutos, não teve jeito. Lucas Lima cruzou rasteiro para Raphael Veiga, que livre na área, deu um belo toque de letra para fazer o segundo tento do Palmeiras no jogo. 

Ceará volta ligado e empata a partida
Os times voltaram do intervalo com um ritmo diferente. O Vozão tentava pressionar o Palmeiras, que adotava uma postura mais defensiva. Porém, a primeira chance foi do Verdão. Aos quatro minutos, Marcos Rocha deixou o jovem estreante Aníbal sozinho na área, mas o paraguaio furou e perdeu grande chance. 

O Ceará respondeu e conseguiu fazer um belo gol para descontar o placar. Aos onze minutos, Vina fez uma linda tabela com Lima e bateu na saída de Weverton para descontar o placar. A pressão continuou e os cearenses chegaram ao empate. Aos 16 minutos, Tiago Pagnussat cabeceou após cobrança de escanteio, a bola bateu no travessão e quicou dentro do gol para empatar a partida.

VAR anula pênalti do Ceará
Empolgado com o empate conquistado, o Ceará buscava a virada a todo custo, apesar de ainda estar longe no placar agregado. Com 30 minutos no relógio, Vina invadiu a área e foi derrubado por Emerson Santos. O juiz marcou pênalti, mas, após cinco minutos de paralisação pelo VAR, anulou a marcação. 

Com o placar decidido, o Ceará não teve mais forças para reagir, enquanto o Palmeiras tocava a bola esperando o tempo passar e comemorar a classificação.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2 X 2
 PALMEIRAS
Data: 18 de Novembro de 2020
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Rafael Trombeta (PR)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Gols: Raphael Veiga (27'1ºT) (0-1), Raphael Veiga (49'1ºT) (0-2), Vina (11'2ºT) (1-2), Tiago Pagnussat (2-2) (16'2ºT)
Cartões amarelos: Charles, Fernando Sobral, Luiz Otávio e Guto Ferreira (Ceará); Ramires, Weverton e Patrick de Paula (Palmeiras)
Cartões vermelhos: Leandro Carvalho (Ceará)

CEARÁ: Fernando Prass; Samuel Xavier, Tiago, Luiz Otávio (Eduardo Brock, aos 39'2ºT) e Bruno Pacheco; Charles, Lima e Fernando Sobral (Wescley, aos 36'2ºT); Vina (Mateus Gonçalves, aos 36'2ºT), Leandro Carvalho (Léo Chú, aos 22'2ºT) e Felipe Vizeu. Técnico: Guto Ferreira

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Emerson Santos, Renan e Mayke; Patrick de Paula, Zé Rafael (Ramires, aos 36'1ºT) e Raphael Veiga (Lucas Esteves, aos 12'2ºT); Lucas Lima (Gustavo Gómez, aos 28'2ºT), Willian (Luiz Adriano, aos 28'2ºT) e Aníbal (Marcelinho, aos 12'2ºT). Técnico: Victor Castanheira