Internacional x América-MG

(Foto: Raul Pereira/Fotoarena)

LANCE!
11/11/2020
22:24
Futebol Latino

No Beira-Rio, o América-MG surpreendeu o Internacional e venceu por 1 a 0. Com o placar, o Coelho joga pelo empate para avançar. Cabe ao Colorado ganhar por dois gols. Se devolver a vantagem mínima, a vaga será decidida nos pênaltis.

O jogo da volta entre América-MG e Internacional se enfrentam na próxima quarta-feira, no Independência.

O jogo

Os primeiros minutos foram do América-MG. Com intensidade, o Coelho criou ao menos duas chances claras onde exigiu defesas de Marcelo Lomba. Na terceira oportunidade não teve jeito. Após cruzamento da direita, Rodolfo subiu e cabeceou para dentro da rede, 1 a 0.

Com a necessidade de buscar o placar, o Inter tentou envolver a zaga do América-MG, mas sem sucesso. O jeito foi explorar a bola aérea e Abel Hernández mandou a cabeçada para fora.

Na etapa final o Internacional veio disposto a pressionar o Coelho, porém, o sistema ofensivo não parecia nos seus melhores dias e pouco produzia.

Por outro lado, o América-MG era mais perigoso e chegou perto de ampliar com Ademir. Na bomba de dentro da área, Zé Gabriel salvou quase em cima da linha.

Sem participar muito do jogo, Thiago Galhardo apareceu com perigo apenas aos 32 minutos. No cruzamento de Cuesta, o atacante cabeceou e a bola passou perto da trave.

Na chance derradeira do Inter, Galhardo arriscou em chute colocado e viu novamente a bola sair pela linha de fundo para desespero do jogador.

INTERNACIONAL 0 X 1 AMÉRICA-MG
Local:
Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 11/11/2020 – 21h30
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Auxiliares: Jean Márcio dos Santos (RN) e Vinícius Melo de Lima (RN)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos:
Zé Gabriel (INT), Geovane, Ademir(AME)
Cartões vermelhos: –
Gol:
Rodolfo (12’/1ºT)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor (Nonato, aos 26/2ºT), Zé Gabriel, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso (Yuri Alberto, aos 32/2ºT), Marcos Guilherme, Edenilson, Patrick (Peglow, aos 24/1ºT) (D’Alessandro, aos 26/2ºT); Thiago Galhardo e Abel Hernández. Técnico: Abel Braga.
AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Anderson Jesus e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Geovane (Calyson, aos 29/2ºT); Ademir (Neto Berola, aos 46/2ºT), Rodolfo (Vitão, aos 23/2ºT) e Felipe Azevedo (Marcelo Toscano, aos 29/2ºT). Técnico: Lisca.