Real Madrid x Liverpool

Salah foi substituído aos 30 minutos de jogo após lesão no ombro (Foto: AFP)

LANCE!
26/05/2022
16:58
Paris (FRA)

Quatro anos depois e o reencontro entre Mohamed Salah e Real Madrid tem data e hora marcadas. Neste sábado, o egípcio novamente terá o time espanhol como rival na final da Champions League e terá que superar o trauma de seu 'pior momento da carreira' para conquistar o seu segundo título europeu.

Em entrevista coletiva, Salah afirmou que está muito motivado para a decisão de sábado e fez questão de enfatizar que a final de 2018 não sai de sua memória.

- Estou motivado até o teto. Especialmente pelo o que aconteceu da última vez e pelo que aconteceu no domingo (vice-campeonato da Premier League). Todos estão motivados para ganhar a Champions. Lembro quando fui substituído, foi o pior momento da minha carreira. Fiquei muito chateado naquela época. Vinha de uma temporada muito boa, e chegar na final e sair com meia hora... - afirmou o atacante.

+ Capitão do Liverpool manda recado para o Real Madrid antes da final da Champions League

O lance em questão aconteceu justamente com 30 minutos do primeiro tempo da final de Kiev em 2018. Salah avançava pelo ataque do Liverpool quando foi derrubado por Sergio Ramos, então jogador do Real Madrid. O lance causou uma lesão no ombro do atacante, que quase perdeu a Copa do Mundo de 2018 por conta da contusão.

+ Com elenco maior e melhores peças, Liverpool encara Real Madrid mais forte do que em 2018

Salah precisou ser substituído por Lallana após a lesão e foi levado para o hospital mais próximo do estádio. Em campo, o Liverpool foi derrotado pelo Real Madrid por 3 a 1, com duas falhas incríveis do goleiro Karius, dois gols de Bale e um de Benzema. O atacante, no entanto, só foi descobrir o resultado final no hospital. No ano seguinte, o Liverpool conquistou a Champions frente ao Tottenham.

+ Tira-teima: Real Madrid e Liverpool duelam pela terceira vez na história em uma final de Champions League

- Fiquei sabendo do resultado no hospital. Nunca tive uma sensação como aquela no futebol. Era a primeira final de Champions para muitos de nós. Conversamos depois e dissemos que brigaríamos de novo. Conseguimos na temporada seguinte. Foi um tipo de revanche, lidamos da melhor maneira possível - relembrou.

Liverpool e Real Madrid vão se reencontrar no próximo sábado, no Stade de France. O time inglês busca seu sétimo título europeu, enquanto os espanhóis tentam sua décima quarta conquista.