Flamengo comemoração na goleada sobre o Santos

Gabigol foi à rede três vezes contra o Santos (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
28/08/2021
21:08
Santos (SP)

O início da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro foi marcado por um reencontro indigesto para os donos da casa. Provocado por convidados santistas nas arquibancadas, Gabigol marcou três vezes diante do Santos, em jogo no qual o Flamengo goleou por 4 a 0, em plena Vila Belmiro, neste sábado. Estreante, Andreas Pereira ainda fechou o placar, construído integralmente num atropelo dos rubro-negros na etapa final, colaborando para a chegada da equipe ao G4.

+ Veja a tabela completa do Brasileirão

O POUCO A SE DESTACAR NO 1ºT

Santos vindo de derrota na Copa do Brasil, precisando reagir com Fernando Diniz. Flamengo embalado com goleada no torneio, mas com a necessidade de embalar no Brasileirão. Prometia, mas a primeira etapa deixou a desejar em emoção, não só pela falta de gols. Houve pouca inspiração técnica das equipes, que até finalizaram em bom número (dez do Fla e quatro dos mandantes). 

Os destaques ficam para João Paulo, com defesas seguras e bom posicionamento, e Pirani, em arrancadas de atrás por buracos no meio, pelo lado do Santos. Do outro, faltou repertório nas jogadas ofensivas, enquanto um limitado Peixe armava o ferrolho na entrada da área, porém o intenso volume de jogo rubro-negro sinalizava quem daria as cartas na etapa final. 

Santos x Flamengo
Flamengo e Santos foram para o vestiário zerados (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

'GABIGODIADO' DECISIVO 

Gabigol é um personagem que dificilmente fica distante do protagonismo. Ao fim do primeiro tempo, saiu xingado por convidados da diretoria do Santos que estavam na arquibancada. Pois bem, como quem alimenta seus "poderes" à base de ódio dos rivais, o camisa 9 fez questão de provocá-los da melhor forma: gritando gol diretamente aos "haters". A origem foi de um pênalti marcado - Wagner Leonardo errou o domínio e puxou Michael na área. E ele, para "variar", não desperdiçou a cobrança. 

JOGO VIROU PALCO PARA O SHOW DE GABI

E mal sabia o Santos que a situação ficaria ainda mais tenebrosa. Os donos da casa passaram a errar em profusão na saída de bola. Gabigol aproveitou com toda a sua capacidade de ir às redes. Foi mais duas vezes, depois de bela assistência de Matheuzinho e em rebote de João Paulo, após chute de Matheuzinho. O goleiro santista vinha evitando a goleada, com ótimas defesa (o próprio Gabi ficou frente a frente duas vezes e parou nele), mas tudo tinha limite... O poderio do elenco rubro-negro massacrou na reta final. 

GOL DE ESTREANTE PARA FECHAR

O Flamengo jogou como quis no segundo tempo, aproveitando todas as falhas técnicas de um rival bastante inferior. Para os visitantes, a festa ficou ainda mais completa, uma vez que Andreas Pereira, praticamente em seu primeiro toque pelo novo clube, finalizou com classe na saída de João Paulo e fechou o placar em goleada. Vale a menção também para a ótima participação de outro ex-Peixe: Thiago Maia, que deu uma nova dinâmica, nas duas fases do jogo, à equipe de Renato Gaúcho. A estreia do uniforme (3) preto foi pé-quente. 

Santos x Flamengo
Uniforme novo foi pé-quente (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

OS PRÓXIMOS COMPROMISSOS

Agora, o Santos, com 22 pontos e no meio da tabela, terá uma semana cheia até o próximo confronto, que será diante do Cuiabá, no sábado, na Arena Pantanal. Já o Flamengo, com 31 pontos, terá ainda mais tempo para preparação, pois não atuará durante a Data Fifa a seguir. Só entra em campo no dia 12 de setembro, diante do Palmeiras, fora de casa. Os dois jogos serão válidos pelo Brasileiro. 

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 X 4 FLAMENGO - 18ª RODADA DO BRASILEIRO
Data e hora: 28 de agosto de 2021, às 19h (horário de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE)
Árbitro de vídeo: Rodolpho Toski Marques (PR)
Cartões amarelos: Carlos Sánchez, Robson, Felipe Jonatan, Jean Mota
(SAN) / Isla, Diego, Bruno Viana, Gustavo Henrique (FLA)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Gabigol, 6'/2ºT (0-1), 25'/2ºT (0-2), 34'/2ºT (0-3); Andreas Pereira, 38'/2ºT (0-4).

SANTOS (Técnico: Fernando Diniz)
João Paulo; Madson, Robson Reis, Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Camacho, Jean Mota, Carlos Sánchez e Gabriel Pirani; Lucas Braga (Marcos Guilherme, 23'/2ºT) e Marcos Leonardo.

FLAMENGO (Técnico Renato Gaúcho)
Diego Alves; Isla (Matheuzinho, 17'/2ºT), Bruno Viana, Gustavo Henrique, Bruno Viana e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Thiago Maia, 17'/2ºT) e Arrascaeta (Vitinho, 35'/2ºT); Everton Ribeiro (Andreas Pereira, 35'/2ºT), Michael e Gabigol (Pedro, 35'/2ºT).