Futebol Latino
19/05/2019
17:54
Chapecó (SC)

O atacante Marcinho viveu uma tarde inesquecível nesse domingo (19) em Chapecó. O camisa 17 foi peça vital para que, visitando a Chapecoense, o Fortaleza desencantasse nos duelos como visitante na Série A e obtivesse uma importante vitória por 3 a 1.

O Tricolor consegue com os três pontos ir a seis e se colocar na 13ª posição, ao passo que o Verdão do Oeste é o 15° com quatro.

LARGOU NA FRENTE

Depois de ter criado a primeira oportunidade em uma partida até então bastante parelha com a escapada de Everaldo, o Verdão do Oeste conseguiu bom lance ofensivo onde novamente o avante do time da casa abriu a jogada pela direita e cruzou, a bola passou raspando a cabeça de Roger Carvalho e Rildo completou para as redes de Felipe Alves. 

DOIS CENTROAVANTES

A opção inicial de Ceni na escalação foi de usar dois nomes com características de centroavante no 11 inicial (Wellington Paulista e Júnior Santos), mas com ambos tendo liberdade para se movimentarem e confundir a marcação catarinense.

Situação essa que, por muitas vezes, fez com que o camisa 9 do Fortaleza até aparecesse mais do que seu companheiro na partida, mas faltava precisão para finalizar como, por exemplo, quando deu bom passe dentro da área para Marcinho aos 19 que até limpou a marcação do goleiro Tiepo, mas perdeu o controle da bola. 

MELHORA RECOMPENSADA

Chegando mais do que o adversário, principalmente usando o lado direito do ataque, foi justamente por ali que o time do Pici encontrou o caminho para a igualdade em Chapecó. Wellington Paulista puxou jogada rápida pelo setor e cruzou para Marcinho, chegando de encontro com a bola, empurrar quase que de carrinho na meta de Tiepo.

QUASE O SEGUNDO

Já nos minutos finais da primeira etapa, a Chape conseguiu chegar de maneira mais aguda novamente quando o meio-campista Augusto limpou a marcação chegando mais pelo lado direito da grande área adversária e chutou forte. Felipe Alves fez uma defesa providencial que conseguiu segurar o empate na Arena Condá.

ENTROU ACESO

Substituto de Régis no intervalo, o atacante Arthur Gomes passou a ser a verdadeira "válvula de escape" dos anfitriões para conseguir dar problemas a defesa do Fortaleza e não permitir que o time visitante se sentisse tão confortável como em alguns momentos da etapa inicial. Na melhor escapada obtida, o jovem que veio por empréstimo do Santos se livrou bem da marcação dobrada em cima dele e bateu forte para a bola explodir na trave esquerda de Felipe Alves.

Quem também levou perigo para o gol cearense dentro dos 15 minutos foi Bruno Pacheco que, depois de cruzamento afastado pela zaga do Tricolor, o lateral-direito bateu de peito de pé e viu ela passar bem próxima ao travessão adversário.

E QUE RESPOSTA!

Se teve lance de perigo do lado catarinense, os visitantes não deixaram por menos e responderam de maneira bastante convincente.

Se aos 16 minutos Roger Carvalho só não virou o marcador porque o zagueiro Gum cortou em cima da linha, Marcinho dominou bem e bateu por cobertura marcando a virada do Leão do Pici. E, aos 19, Osvaldo recebeu passe de Marcinho (que partida do camisa 17) e bateu na saída de Tiepo. Em menos de cinco minutos, a equipe de Rogério Ceni abriu boa vantagem no marcador.

DESCONCERTOU

A sequência de gols do Fortaleza foi capaz de minar não apenas a moral do time da casa, mas também a paciência do torcedor na Arena Condá. Com isso, apesar de em determinados momentos a Chape ter conseguido atacar, não houveram chances mais claras de marcar e o placar final no oeste catarinense foi mesmo de vitória do time dirigido por Rogério Ceni, 3 a 1.     

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 X 3 FORTALEZA

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data-Hora: 19/05/2019 - 16 h (horário de Brasília)
​Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (CBF-SP)
​Assistentes: Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli (ambos CBF-SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (CBF-SP)
​Assistentes do VAR: Salim Fende Chavez e Bruno Salgado Rizo (ambos CBF-SP)
Cartões amarelos: Caíque Sá (CHA); Wellington Paulista (FOR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Rildo (12'/1°T) (1-0), Marcinho (37'/1°T) (1-1), Marcinho 17'/2°T) (1-2) e Osvaldo (19'/2°T) (1-3). 

CHAPECOENSE: Tiepo; Caique Sá (Bryan, aos 22'/2°T), Gum, Rafael Pereira e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Augusto (Lourency, aos 8'/2°T); Rildo, Everaldo e Régis (Arthur Gomes, no intervalo). Técnico: Ney Franco.

FORTALEZA: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Roger Carvalho e Carlinhos; Felipe, Juninho, Edinho (Osvaldo, aos 13'/2°T) e Marcinho (Marlon, aos 26'/2°T); Wellington Paulista e Júnior Santos (Romarinho, aos 36'/1°T). Técnico: Rogério Ceni.