LANCE!
11/08/2018
06:50
Rio de Janeiro (RJ)

A era de Zé Ricardo no Botafogo terá o primeiro jogo neste domingo, às 11h (de Brasília), pelo Brasileiro. Contra o Paraná, veremos uma equipe, coletivamente, tentando se recuperar na temporada. Individualmente, alguns jogadores buscam mostrar serviço para terem seus contratos renovados.

Somente os veteranos Jefferson, Luis Ricardo e Dudu Cearense têm vínculos com o Glorioso encerrando neste dezembro. Ídolo da torcida, o primeiro já anunciou aposentadoria para dezembro. Os outros dois, ao que indica, terão dificuldade para convencer a diretoria de que merecem prosseguir no clube.

Porém, oito atletas estão cedidos por outros clubes, sendo que pelo menos quatro desses são comumente escalados. Aguirre, Moisés, Brenner e Renatinho costumam ser acionados com mais frequência - e dá para dizer que apenas o centroavante e o lateral-esquerdo, por ora, têm a confiança da torcida. Já Jean, Yago, Marcelo e João Pedro, por sua vez, estão com menos espaço nas últimas partidas (seja por lesões ou concorrência somente). 

Dos emprestados vêm a impressão de que 2019 pode marcar uma considerável reformulação no elenco alvinegro, uma vez que apenas Aguirre não terá o seu vínculo a encerrar em dezembro - mas, sim, em junho. No mais, quanto à desempenho, é preciso que Zé faça os mais apagados terem um papel mais importante para que o clube decida apostar em renovações, como já citado. 

E, de acordo com o volante Jean, Zé Ricardo tem como ponto forte apostar e motivar atletas que não jogam com assiduidade.

- Imagina um treinador chega aqui e fala "ô, garoto". Aí o "garoto" já teve título brasileiro, conquistou coisas... Se chama pelo nome, sabe quem é e o que pode render. Você sabe que o treinador sabe que pode contar contigo. Para nós, são pequenos detalhes que fazem diferença. Ele dá oportunidade para todos. Dudu passa a ser olhado diferente, Matheus Fernandes, Bochecha. O Zé começa a introduzir a todos no grupo, mantém a base, mas todo mundo ganha oportunidade - comentou o volante, que atuou com Zé no Vasco, ano passado.

OS EMPRESTADOS PELO BOTA

À sombra deles, quem está emprestado pelo Alvinegro, como Fernandes (Atlético-GO), Arnaldo e Leandro Carvalho, que podem recuperar espaço a partir da pré-temporada de 2019. Os dois últimos, cabe destacar, estão no Ceará, porém apenas Leandro tem tido papel de destaque no time de Lisca. 

A DURAÇÃO DOS CONTRATOS

GOLEIROS
Saulo - 12/2020
Gatito Fernández - 12/2021

LATERAIS
Fernando - 12/2020
Marcinho - 12/2020
Yuri - 12/2019
Gilson - 12/2019

ZAGUEIROS
Carli - 12/2020
Igor Rabello - 12/2021
Marcelo Benevenuto - 12/2020
Kanu - 12/2020
Helerson - 12/2020

MEIO-CAMPISTAS
Rodrigo Lindoso - 12/2019
Matheus Fernandes - 12/2020
Gustavo Bochecha - 12/2021
João Paulo - 12/2019
Leo Valencia - 07/2019
Marcos Vinícius - 06/2020
Luiz Fernando - 12/2021
Leandrinho - 12/2020

ATACANTES
Ezequiel - 09/2022
Rodrigo Pimpão - 12/2019
Kieza - 12/2019
Pachu - 12/2019
Igor Cássio - 09/2020

EXPIRAM FIM DO ANO
Jefferson (goleiro) - 12/2018
Luís Ricardo (lateral-direito) - 12/2018
Dudu Cearense (volante) - 12/2018

EMPRESTADOS DE OUTROS CLUBES
Aguirre (Udinese-ITA) - 06/2019
Brenner (Internacional) - 12/2018
Moisés (Corinthians) - 12/2018
Yago (Corinthians) - 12/2018
Jean (Corinthians) - 12/2018
Marcelo (Maccabi Tel Aviv) - 01/2019
João Pedro (Atlético-PR) - 12/2018
Renatinho (Mirassol) - 12/2018

EMPRESTADOS PELO BOTAFOGO QUE PODEM VOLTAR
Arnaldo (Ceará) - 12/2019
Leandro Carvalho (Ceará) - 12/2020
Fernandes (Atlético-GO) - 12/2020
Renan Gorne (a ser emprestado novamente) - 12/2020
Vinícius Tanque (Mafra-POR) - 12/2020