Brasil x Peru - Cueva

Cueva jogou a última Copa América, disputada no Brasil (Foto: CARL DE SOUZA / AFP)

Sergio Santana
04/08/2019
19:41
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo segue mapeando o mercado em busca de reforços para a sequência da temporada. Sem poder contratar jogadores que atuam fora do país, a diretoria do Alvinegro adota o perfil de buscar atletas do futebol nacional que estejam com pouco tempo de jogo nos seus atuais clubes. Neste perfil, o Glorioso mostra interesse por Christian Cueva, do Santos.

A equipe de General Severiano fez uma consulta pelo meio-campista peruano por meio de seu empresário. A ideia seria um empréstimo até o fim de 2019, já que Cueva não vem atuando com frequência pelo Santos, clube pelo qual foi contrato no início do ano. A informação foi divulgada primeiramente pelo "Globo Esporte" e confirmada pelo LANCE!.

Sem ter condições de fazer uma contratação definitiva, a ideia do Botafogo é realizar um empréstimo para dar tempo de jogo a Cueva, atualmente sem espaço com Jorge Sampaoli. A negociação, porém, ainda não chegou no Santos - o negócio ainda está nos primeiros contatos e o Glorioso não procurou nenhum dirigente da equipe paulista para negociar a possível contratação.

O Botafogo espera avançar na negociação durante esta semana, dependendo de um sinal verde do Santos para o possível empréstimo. A ideia do clube do Rio de Janeiro é convencer o Peixe a liberar o atleta sem custos, com a ideia de valorizar o passe do peruano, que não entra em campo com a camisa santista desde maio, na partida entre Santos e Internacional, pelo Brasileirão.

Apesar do momento irregular vivido no Santos, Christian Cueva foi um dos principais jogadores do Peru na última Copa América, ajudando a seleção a chegar até a final da competição. Inclusive, a última vez que o atleta de 27 anos entrou em campo foi justamente na decisão, no dia 7 de julho.

Após perder Erik para o futebol japonês e o fracasso no último dia da janela de transferências internacionais, com a negociação envolvendo Nicolás Blandi e Darío Aimar, o Botafogo aparece no mercado em busca de um novo nome para o setor ofensivo.