Botafogo x CSA - Gatito no aquecimento

Gatito em ação pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

LANCE!
24/08/2021
12:40
Rio de Janeiro (RJ)

Com treinos no campo e em fase de transição para retornar aos gramados, Gatito Fernández deu fortes declarações sobre a sua situação física no Botafogo. O goleiro, que está machucado desde outubro do ano passado, afirmou, em uma publicação no Instagram, que houve erro médico da equipe do DM Alvinegro.

+ Com futuro indefinido, Rafael Navarro vira o jogador com mais participações em gols na Série B

O goleiro, que não entra em campo com a camisa do Glorioso desde setembro, se machucou em um jogo da Seleção Paraguaia, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

No último domingo, Zé Fogareiro, um influenciador digital do clube, fez uma postagem criticando a situação dos goleiros Gatito e Cavalieri, ambos lesionados, no Instagram. O paraguaio respondeu, afirmou que está empenhado pelo retorno e fez declarações sobre a recuperação.

TEXTO DE GATITO:
"Zé, gostaria de aclarar que eu nunca forcei ir para minha seleção e jogar os primeiros jogos das Eliminatórias e perder todo ano sem poder jogar. Em [eu] fui para a seleção porque me falaram que em 14 dias ficaria bem novamente. E foi o que eu fiz. O jogo na seleção foi dia 8/10/2020. E sempre se falou que eu piorei a minha lesão indo para a seleção (me convenceram que foi isso que piorou).

Mas quando consultei pela primeira vez com o meu médico particular, 29/01/2021, ele mostrou para mim nas imagens que não tinha mudado praticamente nada da primeira lesão. E falou que a primeira lesão eu já tinha que ter ficado 2 meses com muletas para poder melhorar (então não eram 14 dias).

Então, Zé, tem muitas coisas que um dia eu vou falar que não se falou. Eu estou te respondendo porque já cansou [cansei] que sempre acabam falando qualquer coisa menos a verdade.

E outra coisa: o meu empenho para voltar a jogar é muito grande. E todos no clube sabem o quanto eu me esforço para superar a lesão e poder ajudar ao Botafogo assim desde a minha chegada em 2017"