Enderson Moreira - Botafogo

Enderson Moreira é o técnico do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Sergio Santana
24/08/2021
05:00
Rio de Janeiro (RJ)

No último domingo, o Botafogo passou por um sufoco: após abrir 3 a 0 com facilidade sobre o Vila Nova, o time goiano fez dois gols no segundo tempo e chegou a colocar bolas na trave, ameaçando um empate. A situação de pressão para o Alvinegro não é novidade: o time levou mais gols na Série B do Brasileirão durante as etapas complementares das partidas.

+ Jogo decisivo na Série B e mata-mata na base: veja quais são os jogos e onde assistir ao Botafogo na semana

Das 22 vezes que o Glorioso foi vazado na segunda divisão do Campeonato Brasileiro, 19 foram no segundo tempo - ou seja, o Botafogo tomou apenas três gols durante as etapas iniciais dos jogos do campeonato nacional.

Em termos proporcionais, 86,3% das vezes que o Botafogo foi vazado na Série B do Campeonato Brasileiro aconteceram nos últimos 45 minutos das partidas. Portanto, apenas 13,7% saíram na etapa inicial.

Desatenção? Diante do Vila Nova, o auxiliar técnico Luís Fernando Flores, que comandou o time por conta da suspensão de Enderson Moreira, afirmou que o Botafogo deu uma "relaxada natural" e pode ter ficar ansioso por uma vitória precoce ao colocar 3 a 0 sobre o Vila Nova.

+ Confira e simule a tabela da Série B

O fato é que o nível do sistema do Botafogo como um todo não caiu na etapa complementar apenas diante dos goianos, no último domingo. Esta tem sido uma constante em toda a Série B.