Eduardo Barroca - Botafogo

Sede de vencer: Eduardo Barroca está confiante na vitória contra o CSA, no domingo (Foto: Lazlo Dalfovo / LANCE!)

Lazlo Dalfovo
07/06/2019
19:02
Rio de Janeiro (RJ)

Com quatro vitórias em sete jogos, sendo que a derrota para o Palmeiras não foi homologada, Eduardo Barroca tem sido alvo de elogios sob o comando do Botafogo, atualmente com 12 pontos e na 7ª colocação, no Campeonato Brasileiro. Mas o incômodo por seguir cumprindo com o dito ainda na sua apresentação, com resultados a curto prazo, foi externado nesta sexta-feira.

Em entrevista coletiva concedida após o treino no Nilton Santos, o treinador do Alvinegro, quando perguntado se faria uma projeção a respeito de onde pretende ver o Botafogo ao fim do Brasileirão, foi enfático:

- Só posso falar na nona rodada (até a parada para a Copa América), é o meu compromisso. Temos uma necessidade de conseguir resultados a curto prazo, continuamos com essa busca, de pontuar o máximo que pudermos - falou. 

ELOGIOS A MEIO-CAMPISTAS

Para o jogo deste domingo, contra o CSA, fora de casa, Eduardo Barroca pode ter uma escalação inédita, já que Bochecha está descartado e Alex Santana ainda é dúvida. Elogiado, Alan Santos é quem deve entrar, neste cenário. 

- Interessante, inteligente. Já me procurou para externar isso. Quer crescer dentro do clube. Entrou bem contra o Vasco. Também está na competição com os demais. Treino, jogo, desenvolvimento individual é o que vai dizer quem vai ter a oportunidade.

Barroca também elogiou Cícero, que tem sido o titular como primeiro volante.

- É um jogador importante. Não fica fora de treino, os números físicos dele no jogo são muito bons. Pode fazer mais de uma função em campo. Estou bem satisfeito.