Chay Comemoração

Chay em ação pelo Botafogo (Foto: Divulgação/Botafogo)

LANCE!
02/08/2021
19:19
Rio de Janeiro (RJ)

Chay chegou sob desconfiança mas, em pouco tempo, virou uma das referências do Botafogo na Série B. O camisa 14, contratado após se destacar pela Portuguesa no Campeonato Carioca, é o artilheiro do Alvinegro no Brasileirão. Nesta segunda-feira, o meia afirmou confia no próprio futebol.

+ Com 13 jogos, Chay está a 3 gols de alcançar marca de Matheus Babi pelo Botafogo

- É questão mais de crença no que eu poderia oferecer. É difícil sair de um clube de menor expressão e vestir uma camisa tão grandiosa. Torcedor fica receoso, tinha muito disso quando cheguei, alguns apoiaram por terem visto o que eu estava produzindo na Portuguesa, mas outros foram contra. É tudo no tempo de Deus. Me sinto maduro e preparado para a oportunidade que estou tendo - disse em entrevista ao "Tá na Área", do SporTV.

O sucesso de Chay na torcida do Botafogo é tão grande que ele ganhou uma paródia de "I Will Survive" recentemente. O meia afirmou que o apoio dos torcedores é um dos motivos pelo empenho do grupo na busca pelo acesso à elite do futebol brasileiro.

+ 'Eu vi o Chay': paródia de 'I Will Survive' feita por torcedores do Botafogo viraliza na internet

- Já tinha escutado essa música, ri bastante, foi muito engraçado. Começou a rodar não só na torcida do Botafogo, todo mundo me mandando mensagem. Tem me motivado muito, ter esse carinho, entrar em campo sabendo que você é querido. Estou dando tudo de mim não só pelo Botafogo mas também pela torcida, eles merecem muito - afirmou.

Com três vitórias seguidas sob o comando de Enderson Moreira, o Botafogo diminuiu a distância para o G4 em quatro pontos. Chay coloca as quatro primeiras posições da tabela como um objetivo possível.

+ Confira e simule a classificação da Série B

- É um momento muito bom, estou muito feliz vestindo essa camisa grandiosa do Botafogo. É claro que dá para sonhar, nosso grupo está focado nisso, está todo mundo feliz com uma energia incrível, é muito bom ganhar um clássico. Não só sonhamos, como temos o objetivo de conseguir o acesso - analisou.