Marcelo Chamusca

Marcelo Chamusca é o treinador do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)

LANCE!
17/06/2021
22:19
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo viu dois pontos escaparem por pouco. Na noite desta quinta-feira, o Alvinegro empatou com o Londrina por 2 a 2 no Estádio do Café, em partida válida pela 4ª rodada da Série B.

+ Análise: em jogo com 'cara de Série B', Botafogo não consegue jogar e é punido por falhas no fim

A equipe vencia o duelo até os 42 minutos do segundo tempo, quando levou o gol de empate, marcado por Júnior Pirambu. Após a partida, o treinador Marcelo Chamusca não escondeu, em entrevista coletiva, a sensação de decepção com o resultado.

- O sentimento é de frustração. Nós estivemos muito próximos da vitória, de colocar os três pontos na tabela. Isso seria importante pelo bom segundo tempo que fizemos. Realmente hoje nós tomamos gols em situações que conseguimos controlar bem. Nós já sabíamos que o Londrina tem o jogo baseado na bola aérea, foi assim no primeiro gol e o segundo gol foi com um cruzamento que depois o jogador teve uma certa liberdade para finalizar. Tomar gol no final do jogo sempre traz uma carga emocional - afirmou.

O treinador analisou que o Botafogo, mesmo tendo aberto o placar ainda nos minutos iniciais da partida, fez um primeiro tempo abaixo, mas cresceu na etapa complementar. Chamusca também tentou explicar o que acontecer nos lances dos gols do Londrina, marcados por erros coletivos por parte do Glorioso.

+ Chamusca elogia Luís Oyama, do Botafogo: 'Tem agregado muito à equipe'

- Para falar dos gols, temos que falar dos dois tempos que foram bem distintos. No primeiro tempo fizemos um jogo mais consistente defensivamente, nosso goleiro trabalhou muito pouco, mas a gente também fez um jogo abaixo no aspecto de controlar o jogo. No segundo tempo a gente melhorou, passou a jogar mais, ter mais a bola e ter um controle maior, mas o Londrina, perdendo, e conseguiu fazer o 1 a 1. Em um erro coletivo, quando a gente primeiro tenta pressionar o volante adversário, e depois tenta rebater, nós tomamos o gol. A gente sai com um sentimento de frustação porque estivemos muito perto de vencer, queríamos muito assumir a vice-liderança, mas esse ponto será importante lá na frente para nós - analisou.

Chamusca enxergou que, a partir da melhora de produção do Alvinegro na etapa complementar, a equipe criou mais chances no Estádio do Café e poderia até ter feito mais gols.

- O Londrina é um time que tem um sistema defensivo muito sólido, tem muito tempo que eles não tomam dois gols em um jogo. Eu concordo que no primeiro tempo nós tivemos muita dificuldade, mas no segundo tempo nós transitamos melhor. Criamos algumas boas situações com o Warley, eu acho que melhoramos nesse aspecto. Muito erro técnico, tomada de decisão... Isso dificultou um pouco - completou.

MAIS DECLARAÇÕES DE CHAMUSCA:

Jogo faltoso
- O Londrina cometeu muitas faltas porque tem essa característica, é um time competitivo. Em alguns momentos eles até extrapolaram, teve até uma situação que o jogador já amarelado e o juiz contemporizou, mas isso faz parte do jogo, a gente tem que assimilar.

Recuo após o primeiro gol
- Não existe nenhuma estratégia que, quando a gente faz o gol, as linhas baixem e a gente fique só na transição. O adversário, quando toma o gol, reage ao gol sofrido. Eles aceleraram mais o jogo, e nós tivemos dificuldade. No segundo tempo, controlamos melhor o jogo, tomamos o gol em uma situação de escanteio, depois conseguimos reagir. A gente tinha o jogo extremamente controlado, eles não conseguiam entrar na nossa defesa e acabamos, em um erro coletivo, permitir o Londrina empatar. O trabalho do treinador é justamente analisar e corrigir.