Botafogo espera definir tipo de gramado do Estádio Nilton Santos no início de 2023

Ideia de campo 100% artificial ganhou força nos bastidores, mas implementação pode demorar devido ao início da temporada

Estádio Nilton Santos

Escrito por

A diretoria do Botafogo espera definir o tipo de gramado do Estádio Nilton Santos até os primeiros dias de janeiro. Um novo modelo estrutural, com campo 100% artificial, foi bem aceito internamente e a gestão de John Textor estuda formas de viabilizar tal situação.

Em um primeiro momento, conforme apurou o LANCE!, houve certa resistência quanto ao campo sintético em sua totalidade - o que foi rapidamente contornado, dando tempo para análise criteriosa. A provável mudança foi informada pelo "ge" e confirmada pela reportagem.


+ Há um ano, Durcesio Mello e John Textor assinavam pré-contrato da SAF do Botafogo


Alguns fatores foram determinantes para que a ideia fosse aceita, como manutenção barata e rápida, e independência climática visando um gramado perfeito em toda a temporada. O Nilton Santos voltará a receber grandes shows em 2023, e tal modelo ajudaria na logística do clube.

A análise do estilo híbrido (gramado parcialmente sintético) no Rio de Janeiro não foi bem vista. O Maracanã, nos olhares da diretoria alvinegra, não foi um case de sucesso.

Vale lembrar que o Botafogo estreia no Campeonato Carioca no dia 15 de janeiro, contra o Audax. Caso as reformas tenham início imediato, o clube buscará locais alternativos para as primeiras rodadas da competição.

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter