Rui Costa, novo diretor de futebol do Galo, acha exagerado o favoritismo dado do Cruzeiro na final do Mineiro

Rui Costa está à frente das negociações do Galo por reforços para equipe e e chegada do novo treinador-  Bruno Cantini/Atlético-MG

Valinor Conteúdo
07/05/2019
18:42
Belo Horizonte

O diretor de futebol do Atlético-MG, Rui Costa, continua em busca de um treinador e reforços para o clube. O dirigente afirmou que o clube está trabalhando no mercado e que Rodrigo Santana, técnico interino, será mantido enquanto não chegar um novo treinador.

-O Rodrigo é um dos mais talentosos jovens profissionais com quem já trabalhei, e eu tive o privilégio de trabalhar com vários treinadores. Tenho algum argumento para falar isso. E exatamente por isso, temos a responsabilidade de proporcionar a ele a possibilidade de crescer, com aprendizado, com as experiências que ele está tendo agora, e sem que ele seja exposto de uma maneiro cruel como às vezes é o futebol, e que ele não possa ver essa carreira interrompida- disse Rui Costa, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Costa disse que Rodrigo Santana tem autonomia para trabalhar com o time, mesmo não sendo técnico efetivado.

-Tenho conversado com o Rodrigo. Ele sabe que tem uma condição de interinidade, mas uma legitimidade de treinadores efetivos. Ele tem autonomia para fazer os treinos que quiser, de conduzir o grupo como ele quer conduzir, e nós buscamos um profissional que possa dar este suporte ao clube neste momento importante e, principalmente, fazer com que o Rodrigo possa continuar com a gente e crescer como profissional- explicou.

Sobre o próximo comandante da equipe alvinegra, Rui Costa explicou que o Atlético-MG tem em mente um perfil de treinador que será levado em conta pelo clube até encontrar um nome que se adeque à ideia do clube.

-O projeto que estamos fazendo agora nos traz um pouco de pressão, mas estamos fazendo um projeto dentro daquilo que acreditamos. Estamos buscando um profissional que possa dar suporte, mas que possa ter no Rodrigo um profissional que vai integrar sua comissão. Acho comissão técnica permanente fundamental para o clube. Temos um perfil definido e estamos em busca de um treinador com este perfil. Não será qualquer treinador que trabalhará no Atlético-disse.

O dirigente do Galo comentou também sobre o trabalho para contratar e qualificar o elenco atleticano.

-A partir deste projeto, óbvio que queremos reforçar a equipe. Estamos trabalhando no mercado, de uma forma pontual, criteriosa, para ter um grupo mais forte ao longo dos campeonatos, das competições que teremos pela frente- concluiu.