Luciano - Fluminense

Luciano segue na mira do Galo, que monitora a situação do jogador-(Foto: Lucas Merçon / Fluminense)

Valinor Conteúdo
18/07/2019
17:02
Belo Horizonte

Apesar de ter saído da Copa do Brasil para o maior rival, o Atlético-MG não teve um abalo grande no seu ambiente pela forma como caiu diante do maior rival: jogando bem e vencendo o Cruzeiro por 2 a 0, quase conseguindo o placar que precisava para avançar.

Com esse cenário, o clube mineiro prossegue a busca por reforços e dois nomes estão aparecendo no noticiário atleticano. Luciano, atualmente no Fluminense, mas que pertence ao Leganés-ESP, e de Diego Tardelli, em crise no Grêmio pelo baixo rendimento desde que chegou a Porto Alegre.

Todavia, o clube se posicionou sobre a dupla de atacantes, principalmente Tardelli, que sempre é especulado para retornar ao Galo. O presidente Sérgio Sette Câmara rechaçou a possibilidade de Diego Tardelli jogar novamente pelo Galo e diz que deseja encerrar de vez esse assunto, pois o aspecto financeiro inviabiliza uma negociação.

-Vou ser bem sincero, Tardelli me parece que foi contratado pelo Grêmio por R$ 38 milhões, R$ 40 milhões por três anos. Jogador de 34 anos. Não viria para cá de graça. Me parece que recebeu luva importante. Quero deixar essa questão, encerrar esse tipo de discussão. Não temos condições de contratar o Tardelli do ponto de vista financeiro-disse Sette Câmara que é um atleta com o qual ele não pensa em ter no Atlético, pois possui um contrato em vigor.

-O Tardelli é um jogador que tem um vínculo contratual com o Grêmio, e quem está no mercado sabe o patamar deste vínculo, sabe o tamanho deste contrato. E ele é jogador do Grêmio, não tem porque a gente cogitar algo que sequer pode ser uma hipótese aqui no Atlético-disse há pouco tempo o direito de futebol Rui Costa.

Quanto a Luciano, que defende o Fluminense, mas não está jogando, Sette Câmara confirma que há uma vontade de contar com o jogador em BH , tendo de alinhar com o time carioca e os espanhóis, donos dos seus direitos.

Luciano deseja sair do Tricolor Carioca e tem pedido para não ser relacionado nos jogos da equipe, assim evitará de atingir o limite de jogos por um clube, sete no total.

- O Luciano é um jogador que, pelas características que tem, interessa. Não vou dizer que não. Porque ele tem características diferentes dos nossos atacantes, dos nossos centroavantes. É um jogador que até por trabalhar com o Diniz desenvolveu seu jogo de uma forma muito interessante- explicou o presidente.

Luciano está emprestado ao Fluminense até 2021, tendo a preferência de compra no fim do contrato. Caso o Tricolor não exerça esse direito e o clube espanhol receber uma oferta de transferência de outro clube, o Flu terá de liberá-lo. O Atlético-MG já fez proposta para comprar parte dos seus direitos econômicos.