Sérgio Coelho(à esquerda) e José Murilo Procópio comandarão o Galo no triênio 2021 a 2023

Sérgio Coelho (à esquerda) é presidente do Atlético-MG (Bruno Cantini/Atlético-MG;Agência Galo)

Valinor Conteúdo
23/02/2022
19:12
Belo Horizonte

O presidente do Atlético-MG, Sérgio Coelho, revelou que o clube mineiro tem a maior dívida entre os clubes no país. De acordo com Coelho, a ajuda financeira da família Menin, mecenas do clube, que permitiu contratações milionárias, é essencial. Sem isso, o Galo estaria hoje na Série B e "em situação muito pior" do que a de rivais como Vasco e Cruzeiro.

- A família Menin, juntamente com o Ricardo Guimarães e o Renato Salvador, estão salvando o Atlético. O Atlético está com uma dívida que é a maior dívida do futebol brasieiro. Se não fossem os Menin colocarem dinheiro no Atlético, o clube já estaria na 2ª divisão, e em uma situação muito pior que a de outros grandes clubes, que hoje têm as piores situações financeiras-disse o presidente. 

Sérgio Coelho afirmou que a família Menin vai cobrir possíveis prejuízos que a equipe com negociações de atletas, além dos  empréstimos terem sido feitos sem juros, correção monetária e com longo prazo para pagamento.

-O Atlético estava nesse grupo (de equipes com dificuldades financeiras graves). O Rubens Menin chegou em uma reunião do Conselho Deliberativo e disse: 'Compramos jogadores para o Atlético, gastamos R$ 200 milhões tanto eu, pessoa física, quando meu filho Rafael, também pessoa física. Se esses jogadores derem prejuízo para o Atlético, o prejuízo será nosso, não do clube- comentou Coelho, que falou da possivel venda do Diamond Mall, shopping que pertence ao clube. 


-Em outra oportunidade, o Menin também já disse que, caso venha a ser vendido o shopping (DiamondMall, propriedade do Galo), não vai um real desse dinheiro para pagar os empréstimos que ele fez. É importante para todos saberem: os empréstimos que ele fez foram sem juros, correção monetária e prazo para pagar- complementou.

O investimento feito no Atlético a partir de 2020, proporcionou uma equipe forte, com nomes como Hukl, Nacho, Vargas, entre outros, que conquistaram   o Campeonato Brasileiro 2021, a Copa do Brasil 2021 e a Supercopa do Brasil 2022.