Jorge Sampaoli

Sampaoli disse não para o Galo uma vez e o clube tentará novamente sua contratação-(Foto: Jota Erre/Photo Premium/Lancepress!)

Valinor Conteúdo
29/02/2020
06:00
Belo Horizonte

O Galo não parece desistir de ter um treinador estrangeiro comandando o seu elenco. Após o fracasso na curta passagem do venezuelano Rafael Dudamel, a equipe mineira voltou à carga em outro nome da América do Sul, o argentino Jorge Sampaoli, que já havia negociado com o Atlético-MG, no fim de 2019.

Porém, a alta pedida do treinador e uma série de exigências, como reforços caros para o elenco, fizeram o negócio não se concretizar. A informação do Atlético-MG indo atrás de Sampaoli novamente foi dada inicialmente pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo LANCE!.

Sem clube desde que deixou o Santos, no fim de 2019, Sampaoli, recebeu diversas propostas de clubes e até seleções, mas não aceitou nenhum. Porém, segundo as informações, pessoas ligadas ao argentino entraram em contato com o Galo para reabrir as negociações.

Desta vez, a negociação pode ser mais rápida, já que o clube mineiro deseja definir logo o seu novo treinador depois da demissão de Dudamel, o novo técnico terá de dar uma resposta rápida pela má campanha que o time vem fazendo até agora em 2020.

Ainda segundo as informações apuradas, Sampaoli já tem proposta do Atlético e o retorno para o alvinegro poderá sair ainda neste domingo, 1º de março.

O negócio pode sair desta vez, pois Sampaoli poderá reduzir suas exigências salariais e para o reforçar o elenco atleticano. Parceiros do clube podem mais uma vez intervir e ajudar na vinda do argentino, vice-campeão brasileiro pelo Santos em 2019.

O treinador pediu um salário de quase R$ 2 milhões, mais R$ 60 milhões em reforços em uma lista de 42 nomes propostos.

O clube mineiro rechaçou o negócio e emitiu uma nota que não havia acertado com Sampaoli, partindo em seguida para fechar dom Rafael Dudamel, que ficou apenas 52 dias no comando do Galo.