Tchê Tchê é o quarto reforço do Galo para a temporada 2021 e fica até o fim do ano

O meio de campo está emprestado pelo São Paulo e deve ficar de fora do jogo no domingo-(Pedro Souza/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
08/06/2021
21:10
Belo Horizonte

Se quiser contar com o volante Tchê Tchê no duelo contra o São Paulo, domingo, 13 de junho, no Mineirão, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, terá de pagar uma quantia ao Tricolor do Morumbi.

É que o jogador está emprestado ao Galo até maio de 2022 e para colocá-lo em campo, o time paulista exige uma compensação financeira. O valor não foi revelado. A informação da possível cobrança foi publicada pelo GE e confirmada pelo L!.

O time alvinegro tende a não pagar para colocar Tchê Tchê em campo, pois é um jogo de início de competição, mesmo sendo peça importante no esquema de Cuca. O elenco alvinegro permitirá ao treinador opções para recompor sua ausência.

Zaracho, Jair e Allan são nomes que devem figurar entre os titulares e no banco de reservas atleticano no confronto diante do São Paulo.

O próprio Atlético usou da força de contrato para evitar que atletas ligados ao clube enfrentassem a equipe. No jogo contra o Sport-PE, o time pernambucano não pôde escalar o volante Zé Welison e o zagueiro Iago Maidana, ambos tendo contratos vigentes com o time atleticano.

Tchê Tchê tem parte dos direitos econômicos pré-fixados em 3,5 milhões de euros caso o Atlético queira ficar com o atleta ao fim do acordo de empréstimo.